Três jorn "/>  

Três jorn "/>

desporto mocambicano

Locomotiva volta a descarrilar em plena estação do Chiveve e deixa caldeirão em ebulição  

  • 205

 

Três jornadas depois do arranque do Moçambola 2024, o Ferroviário da Beira, actual detentor do título nacional, continua sem sentir o sabor da vitória, e, na partida deste domingo, referente a 3ª Jornada, não foi além de um empate a duas bolas na recepção A Associação Desportiva de Vilankulo em pleno Caldeirão do Chiveve que no final do jogo e ৠsaída do recinto registou protestos dos adeptos da equipa da casa que contestavam este arranque em falso do campeão nacional no Campeonato Nacional de Futebol.

 

Por Redacção LanceMZ

 

Vindo de duas derrotas seguidas, os “locomotivas” do Chiveve, entraram em campo com ambições claras de somar os primeiros três pontos, e, quando já estavam jogados 34 minutos, Maré, abriu o marcador e colocou os donos da casa a vencer.

 

Mesmo com a magra vantagem, o campeão nacional mostrava sinais de querer mais. Ao minuto 44, Dayo António, atirou a contar e dobrou a vantagem dos dos pupilos de Daúto Faquirá, 2 a 0 até à saída ao intervalo.

 

Na segunda etapa, a equipa visitante foi atrás do resultado, mas, até ao minuto 90, não conseguiu visar a baliza contrária.

 

Se o público presente no Caldeirão Chiveve já cantava vitória, a Associação Desportiva de Vilankulo tratou de mudar a história do jogo nos últimos 5 minutos de compensação.

 

A formação da ADV subiu para o ataque e conseguiu reduzir a desvantagem aos 90+2 por intermédio de Kikito que bateu o guarda-redes César. Estava relançando o jogo.

 

O Ferroviário da Beira tremeu com o golo sofrido, mas o pior ainda estava por vir. No último lance do encontro, Tomás, que foi lançado no decorrer da segunda parte, fez 2 a 2 e gelou o Caldeirão do Chiveve, que viu a vitória fugir em num espaço de 2 minutos.

 

Com o empate, os “locomotivas” do Chiveve continuam sem encontrar o caminho das vitórias e voltam a acumular mais um desaire em casa.

 

Ficha Técnica

ARBITRAGEM: Filimão Correia (Principal), Arão Machava (1⁰ assistente), Liberaldo Lucas (2⁰ assistente), Artur Alfinar (4⁰ árbitro), Amisse Juma (Assessor dos árbitros)

 

FERROVIÁRIO DA BEIRA: César, Comissário, Celso, Adamo, João Bonde, Ling, Valter, Gustavo, Dayo, Shelton, Edwin.

Suplentes: Gabriel, Thomas, Júlio, Inframara, Jonasse, Alface, Estêvão, Anderson, Max.

 

Treinador: Daúto Faquirá

 

AD VILANCULO: Wilson, Muchanga, Milton, Justino, Stambo, Elísio, Parkim, Bernardo, Sapane, Henrique, Mário

Suplentes: Victor, Amisse, Jorge, Vilanculo, Lério, Luís, Rui, Mahumane.

 

Treinador: Abdul Afonso

 

Notícias Relacionadas
Ads - Anuncio 3
Todos os direitos reservados a Lance. Registrado no GABINFO: REGISTO: 57/GABINFO-DEPC/210/2022 .