desporto mocambicano

Golo olímpico de Chisala garante 3 pontos em pleno Santuário 25 de Junho

  • 220

Na abertura da 9ª Jornada do Moçambola 2024, o Costa do Sol visitou e derrotou o Ferroviário de Nampula em pleno Santuário 25 de Junho por uma bola sem resposta em partida realizada na tarde deste sábado, 22 de Junho.

 Por Redacção LanceMZ 

O duelo começou equilibrado, com os dois emblemas buscando abrir as contas do jogos,. O primeiro lance de perigo pertenceu aos donos da casa, numa saída rápida para o ataque, que terminou com um remate de Nazir que embateu em Chico Muchanga. Os jogadores dos “locomotivas” pediram uma grande penalidade por alegada mão do central “canarinho” mas o árbitro mandou seguir.

 

Os “locomotivas” de Nampula podiam ter se colocado a frente no marcador, valeu a grande intervenção de Joaquim a impedir que a bola beijasse a sua rede.

 

O Costa do Sol respondeu logo com um golo. Na sequência de um canto a direita, Chisala manda directo para baliza e Fazito, que fazia a sua estreia na presente edição do Moçambola, é mal batido e permitiu que a bola entrasse na sua baliza, colocando os visitantes a vencer por 1 a 0. Festa dos “canarinhos” em pleno Santuário 25 de Junho.

 

Em vantagem no marcador, os Axinenes foram atrás do prejuízo mas paravam na grande exibição do guarda-redes Joaquim, que manteu a sua baliza inviolada até ao período do intervalo.

 

No reatamento da segunda parte, os donos da casa continuaram a encostar os pupilos do Horácio Gonçalves no seu reduto, mas, tal como na primeira etapa, pecavam em converter as ocasiões em golos, com a Telinho a falhar num lance que tinha a baliza escancarada.

 

O Costa do Sol soube sofrer a até ao fim, e assegurou uma vitória crucial em pleno Santuário 25 de Junho, e iguala, a condição, a Black Bulls (que joga nesta segunda-feira) na primeira posição com 20 pontos.

 

“O mais importante foram os 3 pontos” - Horácio Gonçalves, treinador do Costa do Sol

 

Sofremos bastante durante o jogo, mas assim se fazem os campeões, com sofrimento, e nós sabíamos que para a nossa caminhada era importante sair daqui com os 3 pontos.

Queríamos fazer um jogo melhor, mas acho que, o mais importante nesta fase, é realmente os 3 pontos e era o que mais procurávamos.

 

“A bola temia em entrar” - Artur Massacar - Treinador do Fer. Nampula

Primeiro dizer que é triste perder desse jeito, o Costa do Sol está de parabéns, apareceu numa bola parada e conseguiu o golo. O Ferroviário de Nampula soube reagiu, mas a bola não quis entrar.

Os rapazes estão cá, estão a trabalhar e dar o seu máximo, apenas dizer que temos que arregaçar as mangas e procurar redificar e pontuar.

 

 

Ficha Técnica

 

FERROVIÁRIO DE NAMPULA: Fazito, Poso, Caldino, Mairoce, Nazir, Quaresma, Djakama, Chelito, Telinho, Belito

Suplentes: Xavito, Wemba, Salas, Nota, Calilo, Dinis, Mussito, Rafik, Soares

Treinador: Artur Massacar

 

COSTA DO SOL:

Joaquim, Ciganinho, Chico Mioche, Muchanga, Beto, Chester, Ali, Chissala, Adilson, Mbulu, Isac

Suplentes: Victor, Yanganile, Edmundo, Muhate, Batista, Mexer, Loyd, Marty, Musonda

Treinador: Horácio Gonçalves

Notícias Relacionadas
Ads - Anuncio 3
Todos os direitos reservados a Lance. Registrado no GABINFO: REGISTO: 57/GABINFO-DEPC/210/2022 .