O comentador e dirigente desportivo, Victor Miguel, confirmou, na manhã desta quinta-feira, 11 de Janeiro, o lançamento d "/> O comentador e dirigente desportivo, Victor Miguel, confirmou, na manhã desta quinta-feira, 11 de Janeiro, o lançamento d "/>
desporto mocambicano

Victor Miguel promete Moçambola 2024 com VAR

  • 4500

O comentador e dirigente desportivo, Victor Miguel, confirmou, na manhã desta quinta-feira, 11 de Janeiro, o lançamento da sua candidatura à presidência da Liga Moçambicana de Futebol (LMF), para o próximo quadriénio. O evento, teve lugar na Mediateca do BCI, em Maputo.  A introdução da  tecnologia do Sistema VAR pode ser implementada nesta edição do Campoenanto Nacional de Futebol denominado Moçambola, segundo prometeu o primeiro candidato a apresentar-se a está corrida para o trono da LMF. 

 

Por Redacção LanceMZ 

 

Sob o lema "servir e liderar um Moçambola sustentável e competitivo",  o antigo presidente da Associação de Futebol da Cidade de Maputo, entra na corrida pela liderança da LMF, nas eleições agendadas para o próximo dia 31 do mês em curso, confiante e garante que a sua equipa possui quadros qualificados e experientes para conduzir as organizações desportivas do país bem como a gestão de matérias do futebol.

 

No seu manifesto, o mesmo acredita que é uma candidatura que traz  uma visão inovadora sobre o Campeonato Nacional de Futebol - Moçambola, baseada em diversos meios de financiamento para a sua sustentabilidade.

 

Victor Miguel frisou na manhã desta quinta-feira, 11 de Janeiro, aquando da oficialização da sua candidatura à presidência da LMF para o quadriênio 2024-2028 que caso vença o escrutínio, o gestor desportivo vai implementar na próxima edição do Moçambola a tecnologia do sistema VAR (Vídeo Assistant Referee) ou (Árbitro Assistente de Vídeo) em alguns campos numa fase inicial para se fazerem as devidas adaptações à nossa realidade. 

 

Ao vender o seu peixe Miguel referiu que já existe um parceiro para que o VAR em 2024 seja uma realidade. “Há um trabalho a ser feito para que o VAR seja uma realidade em Moçambique”, disse.

 

São, até agora, três candidatos assumidos à sucessão de Ananias Couana na presidência do organismo reitor do Moçambola,  Victor Miguel junta-se ao também empresário e antigo presidente do Textáfrica do Chimoio, Quinito Júnior e ao Alberto Simango Júnior, este que busca retornar a liderança desse órgão. (LANCEMZ)

Notícias Relacionadas
Ads - Anuncio 3
Todos os direitos reservados a Lance. Registrado no GABINFO: REGISTO: 57/GABINFO-DEPC/210/2022 .