desporto mocambicano

Touros vencem Songo com golo de Jesus e estão cada vez mais isolados na liderança

  • 961

A Associação Black Bulls foi à casa da União Desportiva do Songo vencer por uma bola sem concorrência, cimentando a sua condição de líder invicto do Moçambola com 15 pontos. Os “hidroeléctricos” somaram a sua terceira derrota no Moçambola, atrasando-se na perseguição ao líder da prova com quem perderam.  

 

 

Por Redacção LanceMZ

 

Este foi o quinto jogo entre a União Desportiva do Songo e a Associação Black Bulls, os dois últimos campeões das duas últimas temporadas, com particular destaque de os “touros” terem chegado a única Vila que tem um representante no Moçambola na condição de líderes do Campeonato Nacional.

 

Começaram melhor os forasteiros, com Melque Alexandre a testar a atenção do guarda-redes Valério que conseguiu travar o remate do atacante internacional moçambicano. Era o sinal de que a Black Bulls estava na disposição de resolver a contenda o quanto antes.

 

A União Desportiva do Songo procurou responder à medida, ou seja, os donos da casa também criavam situações que causavam o redobrar das atenções dos defesas da equipa que se vestia de cor-de-rosa e branco.

 

Foi com este cenário, em que nenhuma das duas equipas conseguiu encontrar o caminho para o tão almejado golo que a partida chegou ao intervalo com o nulo a prevalecer.

 

Na segunda parte os dois treinadores foram lançando jogadores para o interior das quatro linhas, com o intuito de ver o cenário a alterar-se, mas o golo teimava em parecer tanto para um como para outro lado.

 

Só a passagem do minuto 79 é que se gritou golo no campo da HCB, após uma sucessão de bons toques entre os jogadores da Black Bulls pela direita, com a bola a ir parar aos pés de Jesus que ao primeiro toque tira um remate com a a bola a ir parar no fundo das redes de Valério, inaugurando o activo para a alegria de alguns adeptos do Songo que se simpatizaram com o futebol dos “touros”.

 

Pouco depois a equipa visitante esteve próxima do segundo golo quando o zimbabweano Tino Tenda perde a bola que fica à mercê de Fidel que faz um precioso centro para o brasileiro Gustavo, que não conseguiu sambas para enganar o guarda-redes Valério.

 

A União do Songo foi a procurar o golo de empate, com Amâncio Canhemba a não conseguir direcionar o bom cruzamento vindo da direita, mas acabou por tirar um cabeceamento fraco e que saiu ao lado da baliza de Ivan.

 

Daí para a frente a Black Bulls conseguiu segurar a vantagem magra, mas que acabou por ser suficiente para conquistar os três pontos em disputa e estender para cinco o número de jogos que é imbatível no Moçambola 2023, somando a quinta vitória na competição, cimentando a condução de líder isolado da prova com 15 pontos. (LANCEMZ)

 

Notícias Relacionadas
Ads - Anuncio 3
Todos os direitos reservados a Lance. Registrado no GABINFO: REGISTO: 57/GABINFO-DEPC/210/2022 .