O treinador sérvio Srdan Zivojnov estará ausente do banco refinai-vos da Uniã "/>  

O treinador sérvio Srdan Zivojnov estará ausente do banco refinai-vos da Uniã "/>

desporto mocambicano

Srdan Zivojnov é baixa na União do Songo que diz que a ausência não está relacionada com visto de trabalho

  • 216

 

O treinador sérvio Srdan Zivojnov estará ausente do banco refinai-vos da União Desportiva do Songo nos próximos tempos. A Direcção do clube “hidroelétrico” deu a conhecer este facto num comunicado de imprensa divulgado na tarde desta quarta-feira, 17 de Agosto, e alega razões de saúde para que o técnico tenha seguido viagem esta quarta-feira para a sua terra de origem.

 

O facto surge numa altura em que o futebol moçambicano vivência a polêmica relacionada com os vistos de trabalho dos jogadores e estrangeiros a actuarem no Moçambola, tendo o clube tratado de afastar qualquer ligação a saída do técnico com a sua situação migratória.

 

No comunicado que temos feito referência, a UDS refere que “patologia recentemente diagnosticada, que, pela recente evolução negativa, implica a realização de uma cirurgia urgente no seu país de origem”, acrescentando mais adiante que “esta situação não está relacionada com qualquer ilegalidade na sua permanência no território nacional como trabalhador estrangeiro, dado que a sua condição laboral se encontra regularizada conforme as

exigências legais vigentes no país.”

 

EIS NA ÍNTEGRA O COMUNICADO:

 

A União Desportiva de Songo torna público que o treinador da sua equipa profissional de futebol, Srdan Zivojnov, 50 anos de idade e de nacionalidade sérvia, enfrenta problemas de saúde que, infelizmente, registaram nos últimos dias um quadro evolutivo negativo, estando a receber tratamento paliativo por via de administração de fármacos para atenuar temporariamente os sintomas associados à doença.

 

O técnico padece de uma patologia recentemente diagnosticada, que, pela recente evolução negativa, implica a realização de uma cirurgia urgente no seu país de origem.

 

Assim sendo, o técnico Srdan Zivojnov seguiu viagem esta quarta-feira, 17 de agosto, para

a Sérvia, por forma a poder realizar a referida cirurgia e estar perto do conforto familiar, devendo retornar ao pais, daqui a 20 dias.

 

Considerando o contexto actual e para evitar qualquer entendimento dúbio, a direcção do clube sente-se na obrigação de esclarecer que, esta situação não tem nada haver com qualquer ilegalidade na sua permanência no território nacional como trabalhador estrangeiro, dado que a sua condição laboral se encontra regularizada conforme as exigências legais vigentes no país.

 

Para tal, juntamos em anexo a cópia do Visto de Trabalho emitido pelas autoridades

competentes.

 

A União Desportiva de Songo continuará a acompanhar e prestar toda a assistência ao

técnico Srdam Zivojnov neste momento delicado que atravessa, e solicita, a todos os actores desportivos nacionais e internacionais, o máximo respeito pela sua vida privada.

 

Outrossim, a equipa profissional de futebol está, desde a passada segunda-feira, sob comando do técnico adjunto Carlos Manuel "Caló", que está sendo assistido por Edson Fejamo, Francisco Muanima e Kosta Novakovic, respectivamente treinador-adjunto, treinador de guarda-redes e preparador fisico. (LANCEMZ)

Notícias Relacionadas
Ads - Anuncio 3
Todos os direitos reservados a Lance. Registrado no GABINFO: REGISTO: 57/GABINFO-DEPC/210/2022 .