desporto mocambicano

Líder Black Bulls testa-se em casa perante Ferroviário de Maputo

  • 301

O embate entre a Associação Black Bulls e o Ferroviário de Maputo é o grande destaque da décima jornada do Moçambola 2023 que retoma este fim-de-semana após uma semana de interrupção para dar lugar o jogo da selecção nacional de futebol, frente ao Ruanda para a qualificação ao CAN-2023, que terminou com vitória dos Mambas. O líder isolado vai testar-se perante os “locomotivas” que procuram recuperar o atraso na tabela classificativa, numa partida marcada para às 14:30 Horas deste sábado.

 

Por Redacção LanceMZ e Sérgio Sitóe (Fotos)

 

De um lado estará o treinador português Hugo Martins que vai procurar lamber as feridas causadas pela primeira derrota na prova que se registou ao cabo de nove jornada e frente a Associação Desportiva de Vilankulo que venceu os “touros” por escasso 1-0.

 

Do outro lado estará João Chissano que levará ao Tchumene uma equipa moralizada após o triunfo na jornada anterior por uma bola a zero, na partida frente ao Ferroviário de Quelimane que segue nos lugares que dão direito a despromoção.

 

O Ferroviário de Maputo segue atrasado na luta pelo título, pois ocupa a oitava posição da tabela classificativa, com 13 pontos, menos nove que o líder da competição, a Black Bulls, que em nove jornada amealhou 22 pontos.

 

Este será o quinto confronto entre as duas equipas para o Moçambola. Nas quatro anteriores partidas, a Black Bulls venceu um jogo por 1-0 em Outubro de 2022 e os restantes terminaram empatados, com destaque para o jogo decorrido há sensivelmente um ano que resultou em quatro golos, dois para cada lado. No Moçambola 2021 as duas equipas registaram um empate a um golo na primeira volta e a zero na segunda etapa da competição.

 

SEGUNDA POSIÇÃO EM JOGO NO SONGO

 

A décima jornada abre nesta sexta-feira, 23 de Junho, com a União Desportiva do Songo e o Costa do Sol, encontro que terá lugar no relvado natural da HCB e que colocará em campo duas equipas que ocupam a segunda posição da tabela classificativa, igualadas a 16 pontos.

 

Dois candidatos ao título que não querem se atrasar na perseguição ao líder do Moçambola, pelo que se antevê uma partida disputadíssima pela conquista dos três pontos. Nas últimas 18 vezes em que se encontraram, a União Desportiva do Songo venceu por nove vezes, cinco partidas terminaram empatadas e quatro foram vencidas pelo Costa do Sol.

 

Já tarde de domingo, as atenções estarão viradas para o Caldeirão do Chiveve, onde o Ferroviário da Beira (quarto classificado com 15 pontos) recebe o sétimo classificado, o seu homónimo de Nampula que conta com 13 pontos.

 

Em Pemba, o Baía FC vai receber a formação da Associação Desportiva de Vilankulo, enquanto que o Ferroviário de Quelimane vai procurar sair do sufoco em que se encontra recebendo o seu homónimo de Lichinga.

 

Nesta tarde, pelas 14:00 Horas, o Ferroviário de Nacala vai receber no seu reduto o Matchedje de Maputo, “militares” que apenas por uma vez sentiram o sabor de uma vitória, numa período em a equipa de Abineiro Ussaca atravessa momentos de aflição não apenas dentro do rectângulo do jogo, mas também na componente administrativa com salários em atraso. (LANCEMZ)

 

Notícias Relacionadas
Ads - Anuncio 3
Todos os direitos reservados a Lance. Registrado no GABINFO: REGISTO: 57/GABINFO-DEPC/210/2022 .