desporto mocambicano

Inundações no "ninho do canário" e chuvas em Nelspruit afectam preparação do Costa do Sol

  • 512

 A cidade e província de Maputo foram afectadas por fortes chuvas que caíram durante cinco dias e que provocaram inundações e alagamentos de várias infraestruturas, com distritos e bairros inteiros a ficarem condicionados devido à fúria das águas. Recintos desportivos não foram excepção, destacando-se o Campo do Clube Desportos da Costa do Sol que voltou a ficar alagado, à semelhança do que aconteceu nas Cheias do Ano 2000 que colocaram aquele recinto submerso de areia, água e resíduos sólidos que para ali se deslocaram.

 

Por Redacção LanceMZ

 

Com efeito, imagens postas a circular nas redes sociais mostram o Campo do Costa Sol inundado como consequência das águas das chuvas que voltaram a procurar caminho pelas bandas do Matchiki Tchiki, indo-se alojar naquele campo que recentemente beneficiou de um novo relvado sintético.

 

Aliás, o problema de escoamento das águas pluviais naquele recinto tem sido frequente a cada de chuvas por dias consecutivos, facto que até condiciona a realização de treinos por parte da equipa principal de futebol.

 

Porém, desta vez espera-se que os estragos não sejam ao nível dos que se registaram no ano 2000 em que chegou-se a aventar a hipótese de aquelas instalações não mais acolherem jogos de futebol, porém graças à intervenção da Direcção “canarinha” o recinto voltou a ficar praticável.

 

CHUVAS EM MPUMALANGA AFECTAM ESTÁGIO

 

A inundação do campo do Costa do Sol aconteceu numa altura em que a equipa principal de futebol se encontrava a realizar um estágio pré-competitivo na vizinha África do Sul, concretamente na região de Mpumalanga, ou simplesmente, Nelspruit.

 

Mas, desenganem-se quem pensou que estando longe do seu ninho os “canarinhos”estariam longe de ser afectados por estas intempéries, pois o seu estágio acabou por ser afectado pelas fortes chuvas que também caíram no país vizinho à semelhança do que aconteceu na cidade e província de Maputo.

 

A equipa orientada pelo português Horácio Gonçalves foi por duas vezes forçada a alterar o seu plano de trabalhos visto que as fortes chuvas obrigaram ao cancelamento dos jogos de controlo que estavam agendados com equipas locais de Mpumalanga.

 

E para esta situação não significasse paralisação completa da actividade, a equipa do Costa do Sol teve que limitar-se ao trabalho de ginásio, uma das componentes previstas para esta etapa de preparação da pré-época futebolística. 

 

Goleada ao Kanyamazane All Star

 

A equipa principal de futebol do Clube de Desportos da Costa do Sol iniciou, na segunda-feira, 6 de Fevereiro, um estágio de sete dias na África do Sul. O grupo é composto por 30 elementos, dos quais 23 são jogadores, e seis do “staff”. Durante o estágio na terra do Rand, a equipa vai realizar jogos de controlo para ganhar ritmo competitivo e aprimorar aspectos técnicos e tácticos para a temporada 2023.

O Costa do Sol partiu para Nelspruit depois de ter iniciado os trabalhos internamente, tendo realizado várias sessões de treino no seu campo. Durante a primeira fase de preparação, os “canarinhos” privilegiaram a componente de recuperação dos atletas, através da preparação física, assim como aspectos técnicos.

Em solo sul-africano, o Costa do Sol realizou, esta terça-feira, um jogo de treino com uma equipa local denominada Kanyamazane All Star, partida na qual os “canarinhos” venceram por quatro bolas sem resposta. Os quatro tentos foram apontados por Lucky, Isac, Loyd e Mbulu. (LANCEMZ)

Notícias Relacionadas
Ads - Anuncio 3
Todos os direitos reservados a Lance. Registrado no GABINFO: REGISTO: 57/GABINFO-DEPC/210/2022 .