desporto mocambicano

Hélder Duarte promete um Ferroviário da Beira equilibrado no clássico da primeira jornada

  • 848

O Ferroviário da Beira de Hélder Duarte recebe o seu homónimo de Maputo em partida de estreia no Moçambola 2023. A equipe ao leme do técnico português está bastante motivada depois de conquistar a Supertaça provincial e ficar em segundo lugar no torneio dos Caminhos de Ferros de Moçambique.

 

Por Atílio Huo

 

Nesta primeira jornada os “locomotivas” do Chiveve vão querer continuar na senda de bons resultados, aliás, tradicionalmente o Ferroviário da Beira dificilmente perde no caldeirão. No lançamento do jogo, o treinador português, Hélder Duarte prometeu que o seu conjunto será uma equipe equilibrada que vai lutar pelos três pontos.

 

"Acho que vai ser um bom jogo, com duas equipas a quererem lutar pelos três pontos e a dar tudo em campo. Como primeiro jogo do campeonato acredito que não seja um jogo muito bem jogado, até porque são dois irmãos e ambos querem vencer. Acredito que será um jogo de muita luta e que se vai resolver no pormenor. A equipa que errar menos vai vencer",  afirmou o técnico.

 

O Ferroviário da Beira vai defrontar o seu homónimo de Maputo que na Liga Jogabets que marcou a abertura da época ao nível da cidade de Maputo ocupou a terceira posição. O facto de o seu adversário ter mais jogos nas pernas não retira o foco na vitória para a equipa do Chiveve que quer voltar aos títulos no futebol nacional.

 

"Vamos entrar em todas as frentes para vencer, não importa o quão o adversário esteja motivado, vamos honrar a camisola do Ferroviário da Beira", garantiu Hélder Duarte.

 

FERROVIÁRIO DE MAPUTO QUER ROUBAR PONTOS NA BEIRA

 

Após o terceiro lugar alcançado na prova recém-terminada, João Chissano diz que a sua equipa está pronta para o arranque do Moçambola e já definiu como começar o Campeonato Nacional de Futebol para atingir os objectivos traçados para a presente temporada.

 

“Teremos um Ferroviário de Maputo que vai querer começar o Moçambola da melhor forma possível, estes jogos da Liga Jogabets foram benéficos porque conseguimos observar todos jogadores, colocamos todos atletas em campo, sabemos com quem contar em alguns momentos dos encontros e que possam ser requisitados a cada jogo do Moçambola”, disse o timoneiro dos “locomotivas”.

 

O treinador diz que não vai virar a cara à luta e assume que quem orienta o Ferroviário de Maputo arrisca-se a ser campeão nacional de futebol, dada a grandeza do clube que é um dos mais vencedores do futebol nacional, pelo que definiu a conquista do título como grande objectivo para a presente época.

 

“O Ferroviário de Maputo entra para todas provas como candidato ao título, o que significa jogar para os lugares cimeiros, estar sempre colado aos líderes que é para ver se acalentamos a esperança de podermos vencer, não seria justo se nós e as outras equipas grandes entrássemos para esta prova apenas para participar, temos que entrar em todos jogos para ganhar e conseguirmos estar nos lugares cimeiros”, frisou Chissano.

 

Na presente época, o Moçambola com 12 equipas, terá o pontapé de saída no dia 15 de Abril com o jogo que colocará frente-a-frente Associação Black Bulls vs Matchedje de Maputo. (LANCEMZ)

 

Notícias Relacionadas
Ads - Anuncio 3
Todos os direitos reservados a Lance. Registrado no GABINFO: REGISTO: 57/GABINFO-DEPC/210/2022 .