desporto mocambicano

Alberto Banze o Engenheiro Electrotécnico que quer iluminar ninho do canário ainda este ano

  • 535

 É pela segunda vez que Alberto Banze vai dirigir um clube de futebol moçambicano, depois de ter ocupado cargo idêntico no Chingale de Tete entre 2004 e 2009, tendo levado a equipa até à final da Taça de Moçambique de 2008, na qual acabou perdendo. Agora vai dirigir o clube mais titulado do futebol nacional, com um histórico de 10 títulos de Campeão Nacional e conquistou 13 Taças de Moçambique.

 

Por Alfredo Júnior e Symon Guebas (Fotos)

 

“Durante cinco anos que trabalhei em Tete dirigi o Chingale de Tete, fizemos muita história neste clube, tiramos a equipa da segunda para a primeira divisão onde ocupamos lugares cimeiros e o ponto mais alto foi quando chegamos à final da Taça de Moçambique o que nunca tinha acontecido antes”, disse Alberto Banze quando falava do seu currículo desportivo.

VEJA A REPORTAGEM NO NOSSO YOUTUBE

Banze que andou algo distante das lides desportivas por conta das ocupações profissionais diz que está de volta para vivenciar as emoções do desporto, afirmando que “no meu dia-a-dia sempre vive o desporto e agora vou passar a viver mais activamente”.

 

DA DIRECÇÃO DE TRANSPORTES DA EDM A PRESIDÊNCIA DO COSTA DO SOL

 

O novo presidente do Costa do Sol é mais um quadro indicado pela Eletricidade de Moçambique para assumir a direcção do Clube Desportos da Costa do Sol. Alberto Banze é actual Director de Transporte na EDM, sendo responsável pela gestão eficiente e eficaz das actividades de exploração e manutenção da Rede Nacional de Transporte de Energia da Empresa, de acordo com as disposições do código da Rede, acordos e leis da SAPP (Southern African Power Pool).

 

Na EDM Banze lidera a equipa que desenvolve políticas, estratégias, processos e procedimentos para a gestão eficaz e eficiente da operação e manutenção na Rede Nacional de Transporte e garantir a qualidade do trabalho, integridade da rede de transporte, apresentação dos resultados acordados e alinhamento com os Planos Estratégicos da Corporação.

 VEJA NO NOSSO INSTAGRAM

No Costa do Sol quer usar a sua vasta experiência como Engenheiro Eletrotécnico para que o “ninho” do Canário possa voltar a acolher jogos nocturnos. Nesta altura o Campo do Costa do Sol apresenta uma iluminação que está a 30 por cento do que se exige para realizar jogos à noite e Banze desafia-se a contribuir com os seus conhecimentos para que seja instalado os restantes 70 por cento para realizar jogos à noite naquele recinto.

 

“O campo do Costa do Sol tem que estar disponível 24 horas, o nosso sonho é esse, essas é uma das nossas metas, de devolver o campo a funcionar no período nocturno, vem a calhar porque sou Engenheiro Eletrotécnico e vou contribuir com a minha experiência para tal, tendo em conta que este campo já esteve bem iluminado em tempos e a nossa meta é voltar a ter essa situação ainda este ano”, disse Banze.

 

GARANTIR SUSTENTABILIDADE FINANCEIRA

 

Aliás, para além dos desafios desportivos que passa por devolver o clube a Conquista dos títulos, sobretudo na equipa sénior de futebol, Armando Banze elege o desenvolvimento das infraestruturas como um dos grandes pilares da sua governação.

 

“Queremos pensar alto, os projectos já existem e foram apresentados nesta Assembleia Geral pelos meus colegas e o nosso primeiro grande desafio é cobrir a arena para as modalidades de salão, deixaríamos de arrendar instalações para o basquetebol, para além de melhorarmos o nosso campo de futebol que tem que ser reabilitados, melhorado e apetrechado”, disse Alberto Banze.

 

A sustentabilidade financeira do clube é outro vector descrito como importante por Banze que referiu que “queremos angariar mais patrocinadores e queremos que os nossos sócios voltem para casa e que tenham direito a opinião, a ideias e que voltem ao convívio do clube”. (LANCEMZ)

Notícias Relacionadas
Ads - Anuncio 3
Todos os direitos reservados a Lance. Registrado no GABINFO: REGISTO: 57/GABINFO-DEPC/210/2022 .