desporto mocambicano

Abertura do Moçambola 2023 sem brilho nem pompa e primeira jornada rende 14 golos

  • 636

Já se joga o Campeonato Nacional de Futebol na sua edição referente ao ano de 2023. O pontapé de saída teve lugar na tarde de sábado, 15 de Abril, no campo Nº 2 da Associação Black Bulls, clube que recebeu o Matchedje. Faltou brilho, cor e animação, ou seja, não houve a habitual festa que em anos anteriores caracterizou as cerimónias de abertura do Moçambola que eram coloridas com muita música e animação dando indicação de a festa estar efectivamente de regresso.

 

Por Redacção LanceMZ e Sérgio Sitóe (Fotos)

 

Depois de longo período de indecisão sobre qual a cidade iria acolher a cerimónia e o jogo inaugural desta competição, a Liga Moçambicana de Futebol decidiu por realizar o primeiro jogo na cidade da Matola, mas sem a aludida festa.

 

Foi uma cerimónia sem brilho, marcada apenas pelo simbolismo do pontapé de saída, em que o Presidente da Liga Moçambicana de Futebol, Ananias Couana, fez-se acompanhar pelo presidente e patrono da Black Bulls, Junaid Lalgy, e o presidente do Matchedje de Maputo, Patrício Canda, para o simbólico pontapé de saída que deu o sinal de inauguração da competição.

 

O Secretário de Estado do Desporto, Gilberto Mendes, testemunhou o jogo inaugural da competição, porém não participou naquele acto oficial de arranque do Moçambola 2023 que não teve direito a discursos de ocasião, até porque nenhum sistema sonoro foi ali instalado para o efeito.

 

Questões financeiras terão ditado a realização de uma cerimónia de abertura oficial sem a devida pompa e circunstância a que merece uma ocasião do género, pois a Liga Moçambicana de Futebol (LMF) tem enfrentado dificuldades financeiras para garantir a realização da prova sem sobressaltos.

 

CATORZE GOLOS NA JORNADA INAUGURAL

 

Apesar da falta de festa houve futebol e golos para todos gostos na jornada inaugural do Moçambola 2023, a começar com a primeira partida da prova que culminou com cinco golos anotados, com Melque Alexandre a ser o autor do primeiro golo da época 2023 do Moçambola, abrindo caminho para a gorda vitória da Black Bulls por 4-1 sobre o Matchedje.

 

O embate Baía de Pemba FC e o Ferroviário de Lichinga foi outro que teve muito golos. Ao todo foram quatro fruto do empate a duas bolas entre as duas formações, destacando-se os dois golos apontados por Soare.

 

Aliás, o atacante dos “locomotivas” de Lichinga junta-se ao queniano Raymond na liderança dos melhores marcadores, pois o queniano foi o autor dos dois golos da vitória do Ferroviário da Beira sobre o seu homónimo de Maputo.

 

Em serviços mínimos, estiveram a União Desportiva do Songo que recebeu e venceu o Ferroviário de Nacala por uma bola a zero, resultado que se registou em duas outras partidas; Ferroviário de Quelimane 1-0 Costa do Sol e Ferroviário de Nampula 1-0 Associação Desportiva de Vilanculo. 

 

DUELO COSTA DO SOL – BLACK BULLS NA SEGUNDA JORNADA

 

Entretanto, a caravana do Moçambola já está em marcha e a segunda jornada terá lugar já no próximo fim-de-semana de 22 e 23 de Abril, com as atenções a estarem centradas no duelo entre o Costa do Sol e a Black Bulls, partida que terá lugar no ninho do “canário”.

 

É uma partida que promete arrastar uma boa franja de adeptos de futebol, pois estarão em campo duas equipas com ambições de chegar ao título no Moçambola 2023. A Black Bulls vem de uma vitória soberba sobre o Matchedje de Maputo por 4-1, enquanto que o Costa do Sol vai procurar lamber as feridas e chegar a primeira vitória depois de ter saído derrotada casa do Ferroviário de Quelimane que venceu por escasso golo de penalty que foi contestado pelos “canarinhos”.  Estas duas equipas já estiveram frente-a-frente num jogo frenético referente à Liga Jogabets e que acabou por ser ganho pelo Costa do Sol por 3-2.

 

Outro destaque para a segunda jornada vai para recepção do Ferroviário de Maputo ao seu homónimo de Nampula, partida que poderá ter lugar no Estádio Nacional do Zimpeto, visto que o Estádio da Machava vai para obras e não vai acolher jogos do Moçambola 2023.

 

A campeã em título, União Desportiva do Songo, vai ter uma deslocação ao sempre difícil terreno da Associação Desportiva de Vilanculo, enquanto que o Ferroviário da Beira vai jogar à casa do seu homónimo de Lichinga, o Ferroviário de Nacala recebe o seu homónimo de Quelimane e o Matchedje de Maputo vai enfrentar a turma do Baía de Pemba. (LANCEMZ)

Notícias Relacionadas
Ads - Anuncio 3
Todos os direitos reservados a Lance. Registrado no GABINFO: REGISTO: 57/GABINFO-DEPC/210/2022 .