desporto mocambicano

William Perry: o ídolo que Beira Hospeda!

  • 717

WILLIAM PERRY: O ÍDOLO QUE BEIRA HOSPEDA

 

William Perry, base armador e especialista em triplos, lances livres, bem como de assistências, está no top da pontuação, num só jogo, na Basketball Africa League (BAL). Numa noite de sonho  a de domingo, 30 de Abril de 2023, em que o Ferroviário da Beira mostrou-se competente, ao derrotar o Seydou Legacy Athlétique Club (SLAC), da Guine-Conacri, por 109 -97, o basquetista estabeleceu alguns máximos na competição. Anotou 41 pontos, o que o coloca no trono dos melhores marcadores. São dois apenas, ele (William Perry) e Terrell Stoglin e estabeleceu o novo recorde de triplos marcados num só jogo: 9!

 

Por Redacção LanceMZ

 

Para a alegria dos “locomotivas” do Chiveve e da nação moçambicana, pelo facto do Ferroviário estar nesta prova em representação desta Pérola do Índico, Perry está destacadíssimo, em virtude de ter feito muito mais. Ele marcou, sem dó nem piedade, 9 lançamentos de triplos, em 14 tentados. É obra de se lhe tirar o chapéu! Nesse particular, o base armador dos “locomotivas” ganhou exclusividade. É o único que conseguiu esse feito nesta liga que decorre pela terceira edição consecutiva.

 

Ainda há que aplaudir a precisão invulgar do jogador de referência na equipa moçambicana, pois, mesmo na NBA- National Basketball Association, a mais prestigiada liga do mundo, só os jogadores mais talhados conseguem ter 100% de aproveitamento na zona dos lances livres. É muita precisão! Ainda por cima, para um atleta que em nenhum momento de jogo saiu da quadra, não foi substituído, jogou os 40 minutos consagrados a uma partida de basquetebol.

 

Nos lançamentos para dois pontos teve dois certeiros, em quatro tentativas. Ficou-se por 50% de aproveitamento. Ele foi, efectivamente, monstruoso! Teve uma actuação a condizer com a frase que deixou ficar na página The Big Tip Off, no facebook, no dia 16 de Março de 2023: “como base-armador, aprendi que tenho de jogar bem em todas as partidas. Não posso ter um ou dois dias maus, porque não vamos conseguir alcançar os objectivos. Simplesmente, não há muitos jogos nesta liga”.

 

É uma mentalidade vencedora que William Perry faz ganhar forma nos “locomotivas” do Chiveve, motivação principal, sem dúvida,  por ter renovado o vínculo e dizer, de forma fluente, em português: “estou muito entusiasmado por competir na BAL com o Ferroviário da Beira. O clube já é como uma família para mim e estou muito feliz por fazer parte dele. Vamos lutar juntos.” - (vídeo disponível na página do Clube Ferroviário da Beira, facebook, 15 de Janeiro de 2023).

 

Não foi da boca para fora, apenas, que anunciou isso. Está a demonstra-lo em campo e na competição. Em três jogos realizados já proporcionou ao campeão nacional a oportunidade de ter um atleta referenciado como Most Valious Player (MVP), jogador mais valioso, no jogo contra o SLAC.

 

Com cinco dias de jogos já efectivados, Willi, como é carinhosamente chamado, é líder de assistências na competição, no que diz respeito à conferência Nilo, com a média 5.5, em três jogos realizados.

Como se disse aqui no LanceMZ, na apresentação do plantel dos “locomotivas” para a BAL, William Perry é um ídolo no universo nacional do basquetebol, existindo quem questiona o facto de ainda não ter sido naturalizado moçambicano. Ele é simplesmente o municiador do jogo, razão pela qual já o chamam de maquinista. Chegou ao Ferroviário da Beira, em 2021, a convite do treinador Luís Lopez Hernandez. Encantou-se com o que viu e disse, de imediato, que o Ferroviário é o melhor clube, como Beira é a melhor cidade para prosseguir a sua carreira. (LANCEMZ) 

Notícias Relacionadas
Ads - Anuncio 3
Todos os direitos reservados a Lance. Registrado no GABINFO: REGISTO: 57/GABINFO-DEPC/210/2022 .