A União Desportiva do Songo qualificou-se para a primeira eliminatória de acesso à "/>  

A União Desportiva do Songo qualificou-se para a primeira eliminatória de acesso à "/>

desporto mocambicano

União do Songo vence eliminatória de forma sofrível e marca encontro com Petro de Luanda

  • 586

 

A União Desportiva do Songo qualificou-se para a primeira eliminatória de acesso à Liga dos Campeões Africanos de futebol ao eliminar o Green Mamba de Eswatine com um agregado de 2-1, após empate a uma bola na no jogo da segunda mão decorrido na tarde desta sábado, 26 de Agosto, no Estádio Nacional do Zimpeto. Agora o campeão moçambicano vai defrontar o Petro Atlético de Luanda, campeão de Angola, na primeira eliminatória que está aprazada para o mês de Setembro.

 

Por Redacção LanceMZ 

 

Depois de ter vencido o jogo da primeira mão por escasso um a zero, a turma “hidroeléctrica”  não contou treinador sérvio Srdjan Zivojinov que assistiu ao jogo a partir da bancada devido ao facto de não ter a licença que o habilite a estar sentado no banco de suplentes nos jogos sob a égide da CAF, sendo que o 11 apresentado contou com a entrada de Amorim para o lugar do lesionado Sidique Sataca e Candinho para o lugar de Muzaza.

 

Porém, a exibição da União do Songo denotou dificuldades para dominar o adversário que veio com a lição estudada para esta segunda partida depois de ter perdido na primeira mão, com um resultado que abria esperanças de uma reviravolta, daí que foi o Green Mamba a assumir as despesas ofensivas. 

 

As duas equipas tiveram poucas oportunidades que pudessem ter resultado em golo, daí que a primeira parte terminou com o nulo a prevalecer. 

 

A segunda parte iniciou da melhor forma para o campeão moçambicano, com Emanuel a deixar dois adversários para trás  e a atirar para o fundo das redes de Gama que foi incapaz de evitar o golo da União do Songo quando estavam decorridos 57 minutos. 

 

O Green Mamba não cruzou os braços, procurou o golo de igualdade que  só não chegou aos 72 minutos porque o seu atacante não conseguiu bater o guarda-redes Ernâni Siluane. 

 

Só aos 80 minutos é que o campeão da Eswatini chegou ao merecido golo com Danito, perante a ameaça de Banele, a cabecear para o fundo das redes “hidroeléctricas”, selando o resultado final em um para cada lado. 

 

A União Desportiva do Songo conseguiu transitar para a segunda eliminatória com o agregado de 2-1, devendo defrontar no mês de Setembro a turma do Petro Atlético de Luanda, cliente assíduo da Liga dos Campeões Africanos e que na última temporada eliminou da competição a Associação Black Bulls. (LANCEMZ)

 

FICHA DO JOGO 

Estádio Nacional do Zimpeto 

Assistência: Cerca de mil pessoas. 

Comissário: Bhai Mustapha Chitbahal (Maurícias). 

Arbitragem: Noris Aaron Arisso, auxiliado por James Fredrick Emile e Shaji Padayachy. Quarto árbitro: Eldrick Mattieu Adelaide  (Todos das Ilhas Seychelles)

 

GREEN MAMBA: Gama; Colani, Manana, Banele e Mxolisi; Mthunzi, Njabulo (Magagula, 77'), Silenge (Piter, 80'), Ndlovu, Ndinisa e Mkhontfo 

Treinador: Nokthula Dlamini

 

UD SONGO: Ernâni; Tinopenga Amorim, Agenor, Candinho (Abeddy, 90+3), Danito, John Banda, Domingues (Dário, 86') Emmanuel (Tchinda, 86') Reginaldo (Macaime, 90+3) e Dayo (Nelson Divrassone, 60').

Treinador: Srdjan Zivojnov

Disciplina: Cartão amarelo para  Ernâni (65'), Manana (68')

 

GOLOS: 0-1, Emmanuel (57'), 1-1, Danito na própria baliza (80')

Notícias Relacionadas
Ads - Anuncio 3
Todos os direitos reservados a Lance. Registrado no GABINFO: REGISTO: 57/GABINFO-DEPC/210/2022 .