A União De "/>  

A União De "/>

desporto mocambicano

Songo ao ataque com Domingues e Banda frente ao Green Mamba  

  • 556

 

A União Desportiva do Songo defronta este sábado o Green Mamba de Eswatine para a segunda mão da pré-eliminatória de acesso à fase de grupos da Liga dos Campeões Africanos de futebol,  partida terá novamente como palco o Estádio Nacional do Zimpeto, em virtude de o campeão swati não ter um campo aprovado pela Confederação Africana de Futebol para acolher jogos oficiais sob égide do organismo máximo do futebol continental.

 

Por Redacção LanceMZ  e Sérgio Sitóe (Fotos)

 

Quando pelas 15 Horas o campeão moçambicano descer ao relvado que lhe é habitual, entrará em campo com uma magra vantagem de uma bola alcançada há uma semana no mesmo recinto, com golo de John Banda após assistência de Domingues que abriu caminho para essa vantagem magra da turma “hidroeléctrica”.

 

Para a partida deste sábado espera-se que Domingues, banda e companhia estejam ao mais alto nível para confirmar o que se espera:  a qualificação da União Desportiva do Songo para a primeira eliminatória de acesso à fase derradeira da liga milionária africana.

 

Até porque o representante moçambicano demonstrou ter qualidade suficiente para alcançar esse objectivo que a esta altura já estaria assegurado se não fosse o facto de os atacantes da União do Songo terem sido bastante perdulários no jogo da primeira mão, aliás como reconheceu Srdjan Zivojnov no final dessa partida.

 

“Tivemos as nossas oportunidades para marcar, levamos uma bola ao poste, na segunda parte perdemos concentração e entregamos o controlo do jogo ao Green Mamba que foram mais ofensivos. Mas, foi só a primeira parte da eliminatória, temos uma vantagem de 1-0 que não é má, é um bom resultado para nós e espero um jogo intenso na tarde de sábado para a segunda mão”, disse o treinador do campeão moçambicano.

 

O treinador sérvio alertou que nos jogos das Afrotaças não há vencedores antecipados, sendo que a equipa campeã moçambicana continuará ficada na transição para a primeira eliminatória.

 

“Não gostaria de falar de algum jogador específico, o Green Mamba é uma boa equipa no seu conjunto, jogou muito bem neste domingo. Sobre a minha equipa dizer que criámos muitas oportunidades, mas não conseguimos marcar. As pessoas devem perceber que uma competição da CAF não é o mesmo nível que o Moçambola, é uma competição séria e todos resultados são importantes, jogamos pelo resultado e para conseguir a qualificação para a possa etapa, isso é que é importante para a minha equipa e para o meu clube”, disse o treinador da União do Songo.

 

PREPARAÇÃO DECORREU EM MAPUTO

 

Depois do jogo da primeira mão, a União Desportiva do Songo continuou na capital do país a preparar o jogo deste sábado, não tendo regressado à sua sede na província de Tete, por forma a minorar os custos de participação nesta competição.

 

 A preparação da equipa da Barragem tem estado a incidir-se na correcção dos aspectos técnico-tácticos no campo da Liga Desportiva de Maputo, de resto o seu quartel-general neste processo preparativo.

Segundo o treinador-adjunto dos “hidroeléctricos”, Carlos Manuel, mais conhecido por Caló nos meandros desportivos, a ideia é corrigir os aspectos negativos do primeiro jogo, que terminou com a vitória da turma moçambicana.

Caso a União Desportiva do Songo transite para a primeira eliminatória deverá defrontar o campeão angolano, o Petro Atlético de Luanda. (LANCEMZ)

Notícias Relacionadas
Ads - Anuncio 3
Todos os direitos reservados a Lance. Registrado no GABINFO: REGISTO: 57/GABINFO-DEPC/210/2022 .