O destaque para o segundo dia do Campeonato Africano de Boxe vai para o pugilista moçambicano Armando Sigauque que pr "/> O destaque para o segundo dia do Campeonato Africano de Boxe vai para o pugilista moçambicano Armando Sigauque que pr "/>
desporto mocambicano

Sigauque, Brito, Panguana e Bagão nas meias-finais do Africano de Boxe

  • 47

O destaque para o segundo dia do Campeonato Africano de Boxe vai para o pugilista moçambicano Armando Sigauque que protagonizou o momento até aqui mais espectacular do Africano ao vencer por KO ao pugilista egípcio Omar Khaled Abozaid, na categoria dos 54-57 quilogramas. Sigauque deixou o seu adversário tonto e a precisar de assistência, garantindo a presença nas meias-finais e a assegurar a medalha de bronze, associada ao prémio de 2.500 Dólares americanos.

Por Alfredo Júnior e Jaime Machel (Fotos)

Em femininos as atenções estavam voltadas para Alcinda Panguana, medalha de prata no Mundial e de bronze nos Jogos da Commonwealth 2022, que cumpriu com as expectativas no combate que teve diante da sul-africana Anele Pearl Ndlovu, na categoria dos 66-70 quilogramas.

 

Panguana até podia ter terminado o combate no primeiro assalto, mas foi didática perante uma pugilista mais nova e sem capacidade técnica para fazer face a pujança da atleta moçambicana. A meio do terceiro assalto, o combate acabou por ser interrompido pelo árbitro por manifesta incapacidade técnica de Anele Pearl Ndlovu, com a vitória a sorrir naturalmente para a vice-campeã do Mundo que vai enfrentar a camaronesa Clotilde Essiane com que já mediu forças e ganhou recentemente nos Jogos da Commonwealth Birmingham 2022.

 

Por seu turno, Helena Bagão que esteve recentemente nos Jogos da Commonwealth combateu na categoria dos 48-50 quilogramas, diante de Teddy Nakimuli do Uganda,que também esteve em Birmingham, em Agosto último.

 

Bagão esteve sem contemplações ao despachar a sua adversária no primeiro assalto, com o árbitro a interromper o combate por manifesta incapacidade técnica da adversária. Na disputa pelo acesso à final, Bagão vai defrontar a pugilista do Marrocos Rabab Cheddar, combate marcado para esta quarta-feira, 14 de Setembro.

 

Ainda neste segundo dia de competição, outras duas pugilistas entraram em cena. Benilde Macaringue teve o seu combate dos 54-57 quilogramas e saiu derrotada pela pugilista Marcelat Sakobi, do Congo Democrtático.

 

Já a jovem Fidelicia Suzana Cumbe saiu derrotada do combate que disputou frente a Akoa Bengono Christine, dos Camarões, na categoria dos 45-48 quilogramas. No último combate em que um moçambicano esteve envolvido no segundo dia do Campeonato Africano de Boxe, Paulo Jorge Brito, da categoria dos  63.5-67 Kg, eliminou o seu adversário Thabiso Selby Dlamini, do reino de ESwatine.  (LANCEMZ)

 

Notícias Relacionadas
Ads - Anuncio 3
Todos os direitos reservados a Lance. Registrado no GABINFO: REGISTO: 57/GABINFO-DEPC/210/2022 .