O Presidente da Federação Moçambicana de Futebol (FMF), Feizal Sidat, anunciou, em entrevista ao programa Ao Ataque da S "/> O Presidente da Federação Moçambicana de Futebol (FMF), Feizal Sidat, anunciou, em entrevista ao programa Ao Ataque da S "/>
desporto mocambicano

Sidat coloca disputa das eliminatórias do CHAN em dúvida

  • 3219

O Presidente da Federação Moçambicana de Futebol (FMF), Feizal Sidat, anunciou, em entrevista ao programa Ao Ataque da STV desta segunda-feira, 30 de Janeiro, a possibilidade da selecção nacional dos "Mambas" não participar da fase de qualificação ao CHAN'2025.

 

"Temos que repensar se vamos participar no CHAN", disse. Na mesma senda, explicou que, questões financeiras é que estão por detrás da possibilidade de abdicar do CHAN em detrimento da CAN e das eliminatórias do Mundial.

 

"As eliminatórias do CHAN serão entre Julho e Agosto, depois, vamos fazer estágio do Mundial, e não podemos abdicar do CAN de Marrocos, que vai ser em Setembro dois jogos, Outubro dois jogos e Novembro também dois, então, seis jogos seguidos, não é possível uma Federação de futebol aguentar com todos esses custos de movimentar uma selecção nacional, que é bastante alto, não é menos que 70 mil dólares", referiu Sidat.

 

Permanência do Chiquinho Conde ainda não é garantida

Nas mesma ocasião, o dirigente da FMF abordou acerca da permanência do Chiquinho Conde no comando da selecção e salientou que é uma decisão que depende do entendimento de ambos os lados, mas não deu garantias quanto à continuidade do timoneiro a frente do projecto dos Mambas.

 

"Tem que haver interesse entre ambas as partes, não só da FMF ou só do Mister Chiquinho, acho que ainda temos tempo para reflectir, vamos analisar os prós e os contras, ver e sentar com ele".

 

No que diz respeito ao capitão Dominguez que já caminha para a recta final da sua carreira dentro das quatro linhas, Sidat, vê com bons olhos a possibilidade do capitão integrar as fileiras da equipa técnica da selecção de todos nós.

 

"Provavelmente, mas não cabe somente ao Presidente da Federação, cabe, mais uma vez, ao selecionador. A responsabilidade total recai sobre selecionador nacional, não pode dizer que nós impomos este adjunto ou aquele", concluiu.

Notícias Relacionadas
Ads - Anuncio 3
Todos os direitos reservados a Lance. Registrado no GABINFO: REGISTO: 57/GABINFO-DEPC/210/2022 .