desporto mocambicano

Patrice Motsepe rendido ao país de Eusébio, Dominguez e Tico-Tico

  • 142

O Presidente da Confederação Africana de Futebol, Patrice Motsepe, esteve de visita a Moçambique, concretamente a cidade turística de Vilankulo, que acolheu o Campeonato Africano das Nações de Futebol de Praia. Motsepe traçou rasgados elogios ao país, pela organização do CAN 2022 bem como lançou um repto para que o país possa acolher similar evento para o futebol de 11.

 

Por Alfredo Júnior em Vilankulo

 

Ainda no aeródromo de Vilankulo, o bilionário sul-africano fez questão de revelar parte do relatório que recebeu da sua equipa sobre a organização do evento em Moçambique.

 

“Recebi um excelente relatório sobre a organização da prova pelo Comité Organizador Local, a presença do Presidente da República e a parceria que tiveram com a CAF nos deixou orgulhoso, o envolvimento da comunicação social, o pessoal da CAF fez um bom trabalho. Gostaria de ver Moçambique a candidatar-se para organizar um Campeonato Africano das Nações do futebol de 11”, disse o Presidente da CAF.

 

Motsepe elogiou a hospitalidade do povo moçambicano e referiu que o evento decorrido em Vilankulo foi para além da festa que se verificou na Arena de Vilankulo, pois também serviu para promover as potencialidades turísticas do país.

 

“Moçambique tem um histórico de boas relações com os povos da África Subsahariana, mas também com as pessoas do continente, é maravilhoso quando o resto do mundo e cerca de 46 países assistam o Campeonato Africano que decorreu aqui, foi um evento de futebol de praia de classe mundial, mas também uma oportunidade para promover a beleza turística de Moçambique”, referiu o bilionário sul-africano.

 

O proprietário do Mamelodi Sundowns revelou o profundo conhecimento que tem do futebol nacional, destacando as figuras que mais se evidenciaram, bem como traçando um futuro promissor não só para o futebol de praia, mas também para o futebol de 11, realçando as qualidades de Elias Gaspar Pelembe, ou simplesmente, Dominguez, que foi seu jogador na terra do Rand.

 

“Estou satisfeito que Moçambique tenha chegado às meias-finais, na edição passada foram finalistas vencidos, também há a destacar os resultados da Selecção Nacional principal, Mambas, o que certamente vai inspirar aos jovens, recordar que este é o país onde nasceu o Eusébio, e obviamente o Elias Pelembe que jogou pelo meu clube na África do Sul, adoro o Pelembe e o Tico-Tico. Este país produziu alguns dos melhores jogadores de futebol e agora testemunhamos alguns dos melhores jogadores de futebol de praia”, disse Motsepe.

 

Na Arena de Vilankulo, Patrice Motsepe presenciou a cerimônia de premiação e que coroou o Senegal como Campeão Africano de Futebol de Praia, pela quarta vez consecutiva. Desde que foi eleito, esta foi a segunda visita que Patrice Motsepe fez a Moçambique, sendo que a primeira foi em Abril último, aquando do lançamento do Campeonato Africano de Futebol Escolar, cuja fase regional decorre no Malawi, tendo o timoneiro da CAF participado na abertura da prova. (LANCEMZ)

Notícias Relacionadas
Ads - Anuncio 3
Todos os direitos reservados a Lance. Registrado no GABINFO: REGISTO: 57/GABINFO-DEPC/210/2022 .