desporto mocambicano

Panguana pronta para final com irlandesa e Nyusi diz que pugilistas transformaram desafios em força

  • 1722

A pugilista Alcinda Panguana disputa esta quinta-feira, 19 de Maio, a final da categoria do peso meio médio  66-70 quilogramas do Campeonato do Mundo de Boxe que decorre em Istambul, na Turquia, diante da irlandesa Lisa Edel O”Rourke, numa disputa inédita, porquanto esta é a primeira vez que uma moçambicana chega a tão elevado patamar na modalidade.

 

Por Alfredo Júnior

 

Depois de ter superado todas as expectativas, Panguana parte confiante para um bom desempenho neste combate, prometendo cumprir à risca as instruções do seu treinador Lucas Sinoia, tal o qual o fez na sua caminhada imaculada até a final.

 

Panguana que ostenta os títulos de medalha de bronze nos Jogos Africanos de 2019, bem como medalhas de ouros no Africanos da Região III e IV quer continuar a surpreender o mundo diante de Lisa Edel O”Rourke jovem de 20 anos que para além de ser pugilista é praticante de futebol.

 

Recordar que Alcinda Panguana já assegurou a histórica conquista da medalha de prata e do prémio monetário de 50 mil dólares americanos (cerca de três milhões de Meticais).  É o primeiro ano de premiação em dinheiro no boxe 'amador'.

 

Nyusi felicita Panguana e Gramane

 

Entretanto, o Presidente da República, Filipe Nyusi, felicitou as pugilistas moçambicanas Alcinda Panguana e Rady Gramane, esta última que terminou com a medalha de bronze e arrecadou 25 mil dólares (cerca de 1.5 milhão de Meticais), após não vencer o seu combate das meias-finais na noite de quarta-feira.

 

Usando a sua página oficial no Facebook, o Presidente da República considerou que “este feito enche de orgulho não só a família do boxe nacional, mas também a todos os moçambicanos, fazendo do nosso país uma referência no mundo do boxe feminino e colocando a nossa bandeira no pódio desta competição mundial”.

 

Nyusi escreveu ainda que “Moçambique e o seu povo deixam, mais uma vez, uma marca indelével no mundo, através do esforço e dedicação dos seus cidadãos, que, transformando os desafios em forças, ombrearam com as melhores atletas da modalidade do mundo e sobressaíram como vencedoras”.

 

Referir que a delegação moçambicana regressa a Maputo na manhã de segunda-feira, 23 de Maio, pelas 9 Horas, esperando que sejam recebidas no Aeroporto Internacional de Mavalane pelos amantes da modalidade e não só. (LANCEMZ)

Notícias Relacionadas
Ads - Anuncio 3
Todos os direitos reservados a Lance. Registrado no GABINFO: REGISTO: 57/GABINFO-DEPC/210/2022 .