desporto mocambicano

Onda Vermelha promete inundar Zimpeto puxando pelos Mambas rumo ao CAN-2023

  • 2931

É já este sábado, 9 de Setembro, que a selecção nacional de futebol, Mambas, vai disputar com o Benim o jogo decisivo de acesso ao Campeonato Africano das Nações CAN-2023, partida esta a realizar-se no Estádio Nacional do Zimpeto, recinto que poderá estar a rebentar pelas costuras, pois são milhares o adeptos do combinado moçambicano que quer puxar pelo 11 de Chiquinho Conde para que cumpra o objectivo de marcar presença na prova, algo que não acontece há 10 anos.

 

Por Alfredo Júnior e Sérgio Sitóe (Fotos)

 

 É o jogo do tudo ou nada, ou seja, Moçambique terá que pontuar para conseguir terminar em segundo lugar do Grupo L de qualificação ao CAN-2023 que já tem na selecção do Senegal como a primeira a qualificar-se para tão importante prova a decorrer na Costa do Marfim, entre os meses de Janeiro e Fevereiro de 2024.

 

Um empate é suficiente para que os Mambas carimbem o passaporte para a prova, visto que Moçambique tem 7 pontos, mais dois que o Benim que conta com 5 e que vem a Maputo com objectivo de lutar pela qualificação, daí que se recomenda aos rapazes da Pérola do Índico a jogarem pelos três pontos, para evitar surpresas de última hora.

 

Na primeira volta os mambas foram à casa dos esquilos vencerem por uma bola a zero com golo a ser marcado por Geny Catamo, jogador que está em boa forma, daí que poderá ser um dos esteios do combinado nacional na partida deste sábado.

 

GUIMA APONTADO AO 11

 

Conde trabalhou nos últimos três dias com os 25 jogadores convocados para esta partida, destacando-se a presença de dois jogadores que se estreiam ao serviço dos Mambas: Ricardo “Guima”Guimaraes, que joga em Portugal, e Jonathan Muiomo, que evolui na Alemanha, que conseguiram finalizar com êxito o processo de naturalização.

 

 Destes dois jogadores, Guima é quem está mais próximo de fazer parte do 11 inicial na tarde deste sábado, tendo em conta que o médio encaixa perfeitamente na estratégia que está a ser preparada por Chiquinho Conde que tem acompanhado com mais regularidade a actuação do jogador do Grupo Desportivo de Chaves, aonde é colega de Bruno Langa que também está em Maputo para esta “Operação Benim”.

 

Na baliza os mambas poderão contar com o regresso de Ernan Siluane que após estar fora de campo por lesão já fez alguns jogos pelo seu clube, a União Desportiva do Songo e demonstrou estar em condições de voltar a ser o titular da baliza da equipa de todos nós.

 

O eixo da defesa apodera estar entregue a dupla Mexer Sitóe e David Malembane, sendo que este último esteve a bom nível aquando do jogo que os Mambas disputaram frente ao Ruanda, decorrido no Huye Stadium no qual Moçambique saiu vitorioso.

 

FMF VENDE 35 MIL BILHETES

 

São estas e outras estrelas do futebol nacional que farão com milhares de pessoas se desloquem ao Estádio Nacional do Zimpeto para puxarem pelos Mambas que estão ávidos em voltar a marcar presença na maior montra do futebol africano.

 

O Zimpeto tem a capacidade de acolher 42 mil espectadores, mas a Federação Moçambicana de Futebol colocou à disposição do público cerca de 35 mil bilhetes, sete mil a menos em relação à lotação do recinto, redução esta efectuada por razões de segurança. O certo é que está garantida uma Onda Vermelha que promete inundar o Estádio Nacional do Zimpeto e vibrar com o futebol dos pupilos de Chiquinho Conde.

 

O certo é que perto de 30 milhões de moçambicanos estarão com os olhos postos na televisão ou com os ouvidos colados à rádio para acompanhar a par e passo o desempenho dos Mambas e espera-se que perto das 17 Horas o país esteja a vibrar com aquela que será a quinta presença num CAN, quebrando-se o jejum que já se verifica desde 2010, altura em que Moçambique marcou a presença pela última vez nesta importante prova do futebol africano. (LANCEMZ)

 

 

Notícias Relacionadas
Ads - Anuncio 3
Todos os direitos reservados a Lance. Registrado no GABINFO: REGISTO: 57/GABINFO-DEPC/210/2022 .