Moçambique qualificou-se ao Campeonato Africano das Nações interno, também designado por CHAN, Moçambique qualificou-se ao Campeonato Africano das Nações interno, também designado por CHAN,
desporto mocambicano

Onda vermelha inunda Zimpeto e Mambas apuram-se ao CHAN-2022

  • 103

Moçambique qualificou-se ao Campeonato Africano das Nações interno, também designado por CHAN,  ao empate a zero com o Malawi em jogando a segunda mão da última eliminatória realizada no Estádio Nacional do Zimpeto. Valeu aos Mambas o golo apontado por Nelson Drivassone em Lilongwe que permitiu que as contas no cômputo das duas mãos fossem favoráveis à turma de Chiquinho Conde. 

 

Por Alfredo Júnior

 

E houve festa de arromba logo após esta qualificação que vem valorizar o Campeonato Nacional de Futebol, Moçambola, visto que todos jogadores que participam nesta prova actuam localmente. 

 

Moçambique recebeu o Malawi num recinto que apresentou-se bem composto com a bancada central sombra bem preenchida, o mesmo acontecendo com as laterais, enquanto que a central Sol recebeu pouco adeptos dos cerca de 25 mil presentes, por conta da interdição imposta pela Confederação Africana de Futebol (CAF). 

 

Chiquinho Conde introduziu alterações ao 11 inicial Mambas, destrancando-se a saída de Telinho, Dário  e Lau King que cederam o lugar a João Bonde, Melque e Isac de Carvalho, isto em relação à partida da primeira mão. Do outro lado, Mário Marinica também fez mexidas, realçando-se a entrada do guarda-redes Brighton Munthali que voltou a titularidade na baliza dos Flames. 

 

MALDITA TRAVESSÃO NEGA GOLO A ISAC 

 

Os Mambas entraram bem e a todo gás, tendo duas grandes oportunidades para chegar ao golo, uma das quais aos três minutos com João Bonde a ver o seu remate a passar por cima. 

 

As setas estavam apontadas ao ataque  com Isac de Carvalho aos  cinco minutos a ser devolvido pelo travessão da baliza dos Flames.  Uma grande perdida quiçá a maior em todo jogo para ao lado de Moçambique. 

 

Os malawianos procuraram equilibrar os pratos da balança, conseguindo chegar próximo da baliza de Ernan que foi obrigado a aplicar-se para evitar o pior para as suas redes. 

 

Aos 40 minutos Isac de Carvalho ganhou uma disputa de bola com o central malawiano, mas o atacante e capitão dos Mambas fez um chapéu de abas largas, pois tirou mal as medidas com a bola a sair por cima da baliza de Brighton Munthali. 

 

FALTOU ARTE A LAU KING PARA MATAR O JOGO 

 

Na segunda parte, Conde lança Telinho e Lau King para o jogo para os lugares de Melque e Isac de Carvalho com o intuito de dar mais profundidade ao ataque Moçambicano. Mas foi Shaquille na sequência de um livre que cabeceou ao lado. 

 

Aos 63 minutos, Lau King teve uma soberba oportunidade na sequência de um mau atraso da defensiva Malawiana, mas o ponta-de-lança não teve arte nem engenho para de ângulo um pouco apertado bater o guardião Brighton Munthali ao rematar ao lado da baliza. 

 

O Malawi também desceu a grande área moçambicana e aos 79 minutos Ernan fez uma defesa incompleta e na recarga a bola quase que ficava na posse de Stenie Davi que cai na pequena área, mas o árbitro mandou seguir o jogo. 

 

Até ao fim os Mambas souberam gerir o resultado, atacando e aparecendo muitas vezes na baliza contrária na tentativa de chegar ao golo. 

 

Quando o árbitro deu por terminado o jogo foi a explosão de alegria no Estádio Nacional de Zimpeto, pois os Mambas conseguiram uma qualificação que já fugia há mais de 8 anos, pois em 2014 foi a única e última vez que a selecção nacional esteve num CHAN. 

 

FICHA TÉCNICA 

ESTÁDIO NACIONAL DO ZIMPETO

Cerca de 25 mil Espectadores 

 

MOÇAMBIQUE: Ernan, Infren, m Chico, Martinho, Danilo; Amadu, Shaquille, Nelson Drivassone  (Dário Melo, 77’), João (Nené 90’), Melque (Telinho, 45’) e Isac de Carvalho (Lau King, 45’)

 

 

MALAWI: Brighton Munthali, Stanley Sanudi (c), Paul Ndlovu, Chikoti Chirwa, Miciam Mhone (Dominic, 74’), Chimwemwe Idana (Nikson), Yamikhan Chester (Chirwa), Kuwali Schumacher, Chiukepo Msowwoya, Gomezgani Chirwa e Miracle Gabeya (Patrick,45’)

 

(LANCEMZ)

Notícias Relacionadas
Ads - Anuncio 3
Todos os direitos reservados a Lance. Registrado no GABINFO: REGISTO: 57/GABINFO-DEPC/210/2022 .