O pugilista Octávio Pudivtr, que reside em Portugal e que leva a "/>  

 

O pugilista Octávio Pudivtr, que reside em Portugal e que leva a "/>

desporto mocambicano

Octávio Pudivtr salva honra dos anfitriões no primeiro dia do Africano de Boxe

  • 158

 

 

O pugilista Octávio Pudivtr, que reside em Portugal e que leva a alcunha de “Pequeno Mike Tyson”, foi o único que conseguiu vencer o seu combate no primeiro dia do Campeonato Africano de Boxe que decorre até ao dia 17 de Setembro no pavilhão da Universidade Eduardo Mondlane, na cidade Maputo.

 

Por Alfredo Júnior e Jaime Machel (Fotos)

 

Para o dia inaugural da competição, Mocambique tomou parte em quatro combates e perdeu três deles, sendo um dos quais em que participou o pugilista Tiago Muxanga que era uma das esperanças do país em chegar as medalhas, tendo em conta as suas mais recentes prestações.

 

Coube a Pudivitr salvar a honra do país anfitrião, justamente no último combate do dia para os moçambicanos em que o “Pequeno Mike Tyson enfrentou o maliano Aboubabcar Traore na categoria dos 75-80 quilogramas.

 

Apesar de ter terminado o combate esgotado fisicamente por conta do esforço feito na véspera da prova, pois nos últimos três dias teve que perder seis quilogramas para poder competir na categoria de menos 80 Kg, Pudivitr foi superior ao seu adversário que muitas vezes foi encostado as cordas, com o moçambicano acabar por vencer por decisão unânime do júri, ou seja, por esclarecedores 5-0.

 

Octávio Pudivitr está apurada para as meias-finais do Africano em virtude de aquele que deveria ser o seu adversário nos quartos-de-final, o pugilista Peter Pita, ter sido desqualificado o que aconteceu com toda selecção da República Democrática do Congo que só chegou esta tarde a cidade de Maputo e acabou falhando a pesagem oficial que habilitava a participação na prova.

 

Agora o “Pequeno Mike Tyson” que já assegurou à conquista de no mínimo a medalha de bronze aguarda pelo seu adversário nas meia-finais que deverá sair só vencedor do combate entre Idrisa Mukiiba, do Uganada, e Abdelrahman  Salah, do Egipto que estiveram isentos da primeira ronda e vão entrar em cena na próxima quarta-feira, 14 de Setembro.

 

MUXANGA ELIMINADO PRECOCEMENTE

 

Desilusão foi o sentimento dos moçambicanos após o combate de estreia num Africano põe parte de Tiago Muxanga que teve um combate disputadíssimo do primeiro ao último assalto diante do argelino Youcef Islam Yaiche, na categoria dos 67-71 quilogramas.

 

Youcef Islam Yaiche depois de perder o primeiro assalto foi mais tecnicista conseguindo pontuar no segundo e terceiro assalto, tendo vencido o combate por decisão devida dos juízes que estiveram atentos as incidências deste duelo.

 

Quem saiu saiu derrota ainda na sessão inaugural da prova foi Telma Clara Matule que mediu forças com Akezakimana Johari, na categoria dos 52-54 quilogramas, que acabou vencendo por esclarecedores 5-0.

 

Resultado idêntico registou-se com Naimo Guilherme Cumbane  que enfrentou Jean Jerry Ziggy Agathedas Ilhas Maurícias, e acabou perdendo pelos expressivos 5-0. (LANCEMZ)

Notícias Relacionadas
Ads - Anuncio 3
Todos os direitos reservados a Lance. Registrado no GABINFO: REGISTO: 57/GABINFO-DEPC/210/2022 .