desporto mocambicano

Nem a chuva impediu recepção de Estado a Panguana e Gramane

  • 297

As pugilistas moçambicanas Alcinda Panguana e Rady Gramane tiveram nesta segunda-feira, 23 de Maio, uma recepção de Estado, após a brilhante prestação no Campeonato do Mundo de Boxe, que decorreu em Istambul, na Turquia, na última semana. E não era para menos: as pupilas de Lucas Sinoia fizeram história ao conquistaram as primeiras medalhas para Moçambique numa prova do género, com Panguana a sagrar-se vice-campeã mundial na categoria do 66-70 quilogramas, enquanto que Rady Gramane venceu a medalha de bronze na categoria dos 70-75 quilogramas.

 

Por Alfredo Júnior

 

Depois do brilharete que fizeram em Istambul, Panguana e Gramane chegaram à capital do país e foram recebidas na sala VIP do Aeroporto Internacional de Maputo por entidades do Governo central e da Cidade de Maputo, sendo que dezenas de pessoas se mobilizaram para a devida recepção, apesar da chuva que caiu na manhã desta segunda-feira.

 

Após esse momento de muita emoção com as pugilistas a não esconderem as lágrimas de satisfação marcado por algumas actividades culturais seguiu-se uma passeata pelas principais artérias da cidade de Maputo, com uma passagem pela Escola Primária Eduardo Mondlane, onde foram saudadas pelos alunos, sendo este um momento quiçá para inspirarem os petizes para seguirem os seus passos em representação do país.

 

TROUXERAM ALEGRIA PARA O PAÍS 

 

O ponto mais alto desta recepção calorosa teve lugar no Gabinete do Primeiro-Ministro, Adriano Maleine, que em nome do Presidente da República, Filipe Nyusi, que se encontra de visita de Estado ao Gana, deixou ficar palavras de apreço às pugilistas.

 

“Naturalmente o Estado não promete muito aquilo que não pode fazer, mas o que está a fazer é dinamizar o desporto nas escolas à partir da educação física, esta disciplina tem que ser um viveiro para o desporto e apoiar as federações, mas vocês demonstraram que não precisa esperar pelo apoio do Governo é necessário trabalhar arduamente e os resultados vieram. Depois desta conquista agora é uma grande responsabilidade para todos, pois a partir do momento que estamos no mundo há necessidade de profissionalização e a Federação está a pôr a modalidade nesse caminho, a trazer felicidades para os moçambicanos, pois quando vocês ganham esquecemos-mos de muitas coisas que nos correm mal, por isso parabéns”, disse o Primeiro-Ministro.  

 

A cerimónia de boas vindas das pugilistas terminou na Praça da Independência, onde serão homenageadas pelo Presidente do Conselho Municipal da Cidade de Maputo, Eneas Comiche, que já há bastante tempo pretendia distinguir as atletas, isto após ter conquistado a qualificação para os Jogos Olímpicos Tóquio 2020, algo que não aconteceu na devida altura motivado pela pandemia da COVID-19. 

 

“Vocês demonstraram a força das mulheres moçambicanas, serviram de inspiração para crianças, jovens, adultos do Município de Maputo, do país e para todo o Mundo”, disse o edil da capital do país. (LANCEMZ)

Notícias Relacionadas
Ads - Anuncio 3
Todos os direitos reservados a Lance. Registrado no GABINFO: REGISTO: 57/GABINFO-DEPC/210/2022 .