A selecção de Moçambique somou a sua segunda vitória na fase de qualifica&c "/>  

A selecção de Moçambique somou a sua segunda vitória na fase de qualifica&c "/>

desporto mocambicano

Moçambique despacha Zâmbia e segue na liderança na qualificação ao Afrobasket 2023 feminino

  • 520

 

A selecção de Moçambique somou a sua segunda vitória na fase de qualificação ao Afrobasket 2023 em seniores femininos ao derrotar a sua congénere da Zâmbia por 87-51 no jogo da segunda jornada da prova que decorre em Bulawayo, no Zimbabwe. As pupilas de Carlos Aik foram superiores a todos níveis e esta quinta-feira, 23 de Fevereiro, encerram a primeira volta defrontando a selecção anfitriã do Zimbabwe. 

 

Por Alfredo Júnior em Bulawayo

 

A equipa de Moçambique chegou ao segundo jogo moralizada após a vitória sobre a arquirrival Angola na ronda inaugural e perante a Zâmbia que havia perdido no confronto com o Zimbabwe, a tarefa das raparigas da Pérola Índico começou por ser fácil logo no primeiro quarto em que chegaram a ter um parcial de 15-0, destacando-se a actuação da capitã Odélia Mafanela que terminou o jogo com 13 pontos e 7 ressaltos. Ao cabo dos primeiros 10 minutos o marcador estava em 24-6.

VEJA O RESUMO NO YOUTUBE

Na segunda etapa as moçambicanas estiveram bem defensivamente ao permitirem apenas 19 pontos das adversárias e ofensivamente continuaram demolidoras e marcaram 33 pontos, colocando o resultado em 57-25, com Ingvild Mucauro a notabilizar-se tendo em toda partida contribuído com 9 pontos, 6 ressaltos e 4 assistências. 

 

No terceiro período Moçambique teve uma contrariedade com Anabela Cossa a sair lesionada após uma entorse no pé direito. Carlos Aik rodou o seu banco aparecendo jogadoras como Carla Covane (13 pontos e 3 ressaltos) e Shelsea Rafael a capturar 10 ressaltos a impor-se na tabela, levando a que Moçambique terminasse esta etapa com o marcador a assinalar 74-41.

 

No último quarto apareceram jogadoras como Eleutéria Lhavanguana (12 pontos e 3 ressaltos) e Stefania Chiziane (13 pontos e 2 assistências) a contribuírem para uma vitória gorda de Moçambique por 87-51, vincando a supremacia das pupilas de Carlos Aik neste encontro entre duas selecções com ambições diferentes. (LANCEMZ)

Notícias Relacionadas
Ads - Anuncio 3
Todos os direitos reservados a Lance. Registrado no GABINFO: REGISTO: 57/GABINFO-DEPC/210/2022 .