desporto mocambicano

Mendes ausculta esta segunda-feira Mambas e Sidat sobre imbróglio de Argel

  • 697

Está previsto para esta segunda-feira, 6 de Fevereiro, pelas 14:30 Horas, a realização de uma reunião entre o Secretário de Estado de Desporto, Gilberto Mendes, a Direcção da Federação Moçambicana de Futebol presidida por Feizal Sidat, a equipa técnica da selecção nacional de futebol e os capitães dos Mambas. O ponto único desta reunião é a análise da participação de Moçambique no recém-terminado Campeonato Africano das Nações destinado aos jogadores que actuam localmente, designado CHAN-2022.

 

Por Redacção LanceMZ

 

Os incidentes registados em Argel, concretamente a reivindicação dos Mambas para a melhoria do prémio pelo facto de terem atingido os quartos-de-final do CHAN-2022 será o tema que vai marcar o encontro, aliás foi esta situação polémica que acabou originado a convocação desta reunião que é aguardada com alguma expectativa. 

 

No encontro o timoneiro da Federação Moçambicana de Futebol será chamado a prestar esclarecimentos sobre o sucedido por terras argelinas, bem como os atletas deverão explicar porquê da ameaça em não regressar ao país, caso a FMF não concordasse com a exigência de destinar 60% dos 400 mil dólares americanos (cerca de 26 milhões de Meticais) atribuídos pela Confederação Africana de Futebol (CAF) para o pagamento dos prémios para os jogadores, equipa técnica e de apoio que esteve na Argélia.

  

Recordar que Gilberto Mendes, nas vésperas do jogo dos quartos-de-final frente ao Madagáscar, usou da sua conta oficial no Facebook para afirmar que não haviam problemas de premiação no seio dos Mambas, tendo em conta a informação prestada pela FMF que assegurou o pagamento de 75 mil Meticais, acrescidos 25 mil Meticais atribuídos pelo Governo, totalizando 100 mil Meticais de prémio atribuído aos jogadores da selecção pelo feito histórico.

 

A Secretaria de Estado do Desporto tem estado a acompanhar este braço-de-ferro desde a sua primeira hora, tendo em conta que o Inspetor Geral do Desporto, Sidónio Chavisse, integrou a delegação moçambicana que esteve na Argélia.

 

SEDE CRIA COMISSÃO DE INQUÉRITO

 

Entretanto, na sequência dos incidentes ocorridos em Argel, a Secretaria de Estado do Desporto anunciou a criação de uma Comissão de Inquérito para “apurar responsabilidades dos actos que em muito mancharam o nome de Moçambique no contexto nacional e internacional”.

 

A criação desta Comissão de Inquérito foi anunciada tendo em conta que a SED é a “principal gestora Sistema Desportivo Nacional”, para além de ser um dos principais financiadores da actividade da Federação Moçambicana de Futebol, particularmente disponibilizando fundos para a movimentação das selecções nacionais nas mais diversas categorias.

 

No entanto, a composição desta Comissão de Inquérito não foi dada a conhecer pela Secretaria de Estado do Desporto que a luz dos Estatutos da FIFA - Federação Internacional de Futebol deve agir sem que isso represente ingerência do poder político no futebol. (LANCEMZ)

Notícias Relacionadas
Ads - Anuncio 3
Todos os direitos reservados a Lance. Registrado no GABINFO: REGISTO: 57/GABINFO-DEPC/210/2022 .