desporto mocambicano

Memórias das Personalidades Desportivas Nacionais serão editadas em livro

  • 314

O projecto “Memórias das Personalidades Desportivas Nacionais” já é uma realidade, pois a iniciativa que tem o objectivo de captar a história do desporto nacional, com base na administração de entrevistas de história oral aos fazedores do desporto foi está quinta-feira, 22 de Setembro, lançado pelo Secretário de Estado do Desporto, Carlos Gilberto Mendes.

 

A iniciativa centraliza as suas atenções nas Personalidades Desportivas Nacionais, visa recolher a experiência acumulada ao longo destes 46 anos de Independência Nacional através da administração entrevistas de história oral, para ajudar as desportistas a regatarem as suas glórias e percurso. 

 

“O projecto Memórias das Personalidades Desportivas Nacionais resulta da constatação de que o nosso desporto precisa de resgatar e proteger os nossos Símbolos Unificadores e de Referências de Integração, para orientarem e conduzirem as novas gerações a trilharem caminhos rumo ao fortalecimento da Unidade Nacional, da Paz e do desenvolvimento através do desporto pelo desporto”, disse Gilberto Mendes no acto do lançamento. 

 

Esta Iniciativa vai ser coordenada pelo Instituto Nacional dos Desporto e foi apresentada quadro das comemorações da Semana Nacional do Desporto, que decorre sob o lema “Desporto, Investimento e Desenvolvimento”. 

 

Elias Wiliiam, Director do INAD, considerou que a iniciativa vai trazer a  ribalta as personalidades que dignificaram o desporto nacional, de modo a que sirvam de referência e fonte de inspiração para as crianças, adolescentes e para os jovens de modo a que sejam dignos continuadores da caminhada rumo ao desenvolvimento sustentável do desporto nacional.

 

“Com este projeto de âmbito Nacional, pretendemos pesquisar, documentar e imortalizar para a presente e futura geração de Moçambicanos o legado desportivo nacional, através da produção de um livro e de registos audiovisuais  da vida, episódios marcantes e carreiras dos nossos desportistas mais destacados de todas as modalidades desportivas que conquistaram glórias e elevaram bem alto o nome de Moçambique no panorama e internacional”, disse Elias William. 

 

O projecto que visa a capitalização e divulgação da memória dos desportistas teve em Ernesto Júnior, Campeão Africano de Clubes de Basquetebol Sénior Masculino em 1985, como a primeira personalidade a ser entrevistada por Gilberto Mendes que questionou vários aspectos da carreira de um dos mais talentosos bases que o basquetebol moçambicano viu jogar, tanto no Clube Desportos da Maxaquene e pela Selecção Nacional. 

 

“Comecei a minha carreira por curiosidade no bairro da Malhangalene e acabei entrando para o clube Malhangalene, joguei pela Real Sociedade e depois até chegar ao Sporting de Lorenço Marques, hoje Maxaquene, onde terminei a minha carreira. O basquetebol é uma modalidade de inteligência, por isso que jogadores de baixa estatura como eu acabam sendo bem-sucedidos”, disse Ernesto Júnior, também conhecido por amadora, quando abordava o início da sua carreira respondendo às questões colocadas por Gilberto Mendes. 

 

O projecto visa reconstituir a história do nosso desporto através da memória, fontes e documentos sobre o desporto nacional e recriar o passado para melhor projectar o futuro, sendo que o livro fruto das entrevistas a serem efectuadas será lançado no próximo ano de 2023. (LANCEMZ) 

 

Notícias Relacionadas
Ads - Anuncio 3
Todos os direitos reservados a Lance. Registrado no GABINFO: REGISTO: 57/GABINFO-DEPC/210/2022 .