Os jogadores da selecção nacional de futebol, Mambas, recusam-se em deixar o hotel onde estão hospedados na capital arge "/> Os jogadores da selecção nacional de futebol, Mambas, recusam-se em deixar o hotel onde estão hospedados na capital arge "/>
desporto mocambicano

Mambas recusam-se a deixar hotel na Argélia e exigem 60 por cento do Prémio de 400 mil USD do CHAN-2022

  • 7664

Os jogadores da selecção nacional de futebol, Mambas, recusam-se em deixar o hotel onde estão hospedados na capital argelina, Argel, exigindo o aumento do Prémio por terem atingido os quartos-de-final, um diferenço que os atletas mantém com a Federação Moçambicana de Futebol (FMF), escreve o jornal Desafio na sua página online.

 

Por Redacção LanceMZ

 

Os Mambas exigem que o valor da premiação seja aumentado em função do que a FMF vai receber pela qualificação aos quartos-de-final do CHAN-2022. É que a Confederação Africana de Futebol (CAF) vai atribuir a Mocambique o prémio de 400 mil dólares americanos (cerca de 26 milhões de Meticais) e os jogadores exigem que cerca de 60 por cento deste valor, ou seja,  240 mil USD (o equivalente a cerca de 15.6 milhões de Meticais) sejam repartidos pelos atletas, equipa técnica e pessoal de apoio.

 

Os Mambas rejeitam o Prémio de 100 mil Meticais que já cantam nas suas contas, pois a FMF efectuou o pagamento  de 75 mil Meticais acrescido de mais 25 mil concedidos pelo Governo pela qualificacao aos quartos-de-final.

 

Em face deste braço-de-férreo os jogadores  recusam-se em deixar o hotel para iniciar a viagem de regresso a Maputo na madrugada de amanhã, quarta-feira, 1 de Fevereiro, escreve o desafio.

 

A chegada dos Mambas a Maputo está prevista para a próxima quinta-feira, 2 de Fevereiro, sendo que nesta altura o Seleccionador Nacional, Chiquinho Conde, é o Vice-Presidente, Martinho “Paito” Mucuana, já se encontram em Portugal, país onde têm residências e famílias. (LANCEMZ)

Notícias Relacionadas
Ads - Anuncio 3
Todos os direitos reservados a Lance. Registrado no GABINFO: REGISTO: 57/GABINFO-DEPC/210/2022 .