desporto mocambicano

Mambas confirmam qualificação inédita aos quartos do CHAN-2022

  • 223

Moçambique perdeu com a Argélia por uma bola a zero, mas há motivos de sobra para festejar:  os Mambas confirmaram um feito histórico que é a qualificação inédita aos quartos-de-final de um Campeonato Africano de Futebol, seja ele CAN ou CHAN. Com efeito, os pupilos de Chiquinho Conde terminaram na segunda posição do Grupo A com um ponto, beneficiando da derrota da Etiópia por três a um, no outro jogo que contava para a última jornada da primeira fase da competição.

 

Por Alfredo Júnior

 

Os Mambas terminaram com quatro pontos graças ao empate a zero na jornada inaugural frente à Etiópia e uma vitória por 3-2 frente a Líbia no jogo da segunda jornada da prova que decorre na Argélia, resultados estes que já colocavam Moçambique com a qualificação à vista para a fase a eliminar da prova.

 

É obra de Chiquinho Conde e seus pupilos que superaram todas adversidades e conseguiram escrever o seu nome nos píncaros da história do futebol moçambicano, visto que nunca antes o país tinha conseguido um feito do género, se tivermos em conta que na primeira participação num CHAN os Mambas haviam registado resultados negativos em 2014 na África do Sul país com quem os Mambas perderam na estreia (1-3), seguindo-se nova derrota frente à Nigéria (2-4) fechando a sua participação com nova derrota frente ao Mali (1-2).

 

Na sétima edição do Campeonato Africano das Nações destinado a jogadores que actuam localmente, os Mambas conseguiram marcar três golos por intermédio de Melque, Nené e Lau King e sofreram três tento, dois no jogo da vitória com a Líbia e um na derrota com a Argélia.

 

Na partida deste sábado, os Mambas viram-se em desvantagem logo no minuto sete no seguimento de um pontapé de canto com o guarda-redes Ivan Urubal a ficar pregado no relvado e ver a bola entrar próximo do segundo poste.

 

Com um estádio Nelson Mandela completamente lotado, os argelinos controlaram o rumo dos acontecimentos, com os moçambicanos a terem uma boa reacção na segunda parte, graças às alterações efectuadas por Chiquinho Conde na segunda parte.  

 

Com os ouvidos no outro estádio em que a Líbia derrotava a Etiópia, os Mambas viram o tempo passar, enquanto a Argélia apostava uma vez mais nos serviços mínimos que asseguraram a terceira vitória na prova, fazendo o pleno no Grupo A terminando com 9 pontos, mais cinco que Moçambique.

 

Agora os Mambas têm cerca de uma semana para prepararem o jogo dos quartos-de-final que terá lugar no próximo sábado, 28 de Janeiro, devendo disputar o acesso às meias-finais frente ao vencedor do Grupo C que deverá sair dentre as selecções do Madagáscar (líder com 6 pontos), Gana (3 pontos) e Sudão (3), sendo este o grupo que ficou amputado a três participantes após a desistência do Marrocos. (LANCEMZ).

Notícias Relacionadas
Ads - Anuncio 3
Todos os direitos reservados a Lance. Registrado no GABINFO: REGISTO: 57/GABINFO-DEPC/210/2022 .