desporto mocambicano

Mais um candidato tombou em Nacala

  • 297

O Ferroviário de Nacala pode ser considerado como um verdadeiro tomba candidatos ao título do Moçambola. É que já vai em três o número de equipas gigantes do Campeonato Nacional de Futebol que saem derrotadas na Maiaia, atrapalhando nas contas para chegar ao canecão. Depois da União Desportiva do Songo e da Associação Black Bulls, este fim-de-semana foi a vez do Ferroviário da Beira perder pontos no recinto dos “locomotivas” de Nacala.   

 

Por Redacção LanceMZ

 

Os “locomotivas” do Chiveve viajaram a Nacala ainda eufóricos com a vitória frente ao Costa do Sol por 2-1 que os possibilitou assaltar a liderança do Moçambola e perspetivavam cimentar esse primeiro lugar, perante um adversário que luta para escapar dos lugares que dão direito à  despromoção da principal competição futebolística do país.

 

Mas desengane-se quem pensava que a equipa de Hélder Duarte, que cumpre os primeiros dias dos 20 em que estará suspenso, teria vida facilitada, pois os pupilos de Dário Monteiro entraram melhor e como corolário disso chegaram ao primeiro golo da contenda aos 20 minutos e que foi apontado por Ivan.

 

Próximo do intervalo, aos 43 minutos, a turma da casa aumentou a vantagem com o golo a ser apontado por Dinis, provando as dificuldades que os “locomotivas” do Chiveve têm enfrentado em jogos fora do seu burgo.

 

No reatar da partida o Ferroviário da Beira entrou melhor conseguiu reduzir a desvantagem quando aos 49 minutos João Bonde apontou o golo que colocou o resultado em 2-1.

 

Já próximo do fim da contenda, os “locomotivas” da Maiaia voltaram a festejar um golo, desta vez na transformação de uma grande penalidade assinalada por Celso Alvação e que foi contestada pela equipa visitante. Foi por intermédio de Dilson que o Ferroviário de Nacala encerrou o marcador em 3-1.

 

Recordar que o Ferroviário de Nacala derrotou na 11ª jornada a União Desportiva do Songo por 1-0, para na 14ª ronda do Moçambola vencer a Black Bulls por 2-1. Os “locomotivas” da Maiaia seguem na oitava posição com 21 pontos, os mesmos que o Ferroviário de Nampula, curiosamente seu próximo adversário na 17ª jornada.

 

O Ferroviário da Beira manteve a liderança, mas corre o risco de perdê-la, pois o seu mais directo perseguidor, a Black Bulks ainda não jogou na 16ª jornada em virtude de o seu adversário, a União Desportiva do Songo ter estado envolvida no jogo da segunda mão da pré-eliminatória de  acesso à Liga dos Campeões Africanos frente a Green Mamba de Eswatine. (LANCEMZ)

Notícias Relacionadas
Ads - Anuncio 3
Todos os direitos reservados a Lance. Registrado no GABINFO: REGISTO: 57/GABINFO-DEPC/210/2022 .