desporto mocambicano

Lurdes Mutola é homenageada esta semana em Oregon nos EUA

  • 960

A única campeã olímpica e mundial de Moçambique, Maria de Lurdes Mutola, vai ser alvo de uma homenagem esta semana na cidade de Oregon, pela organização do Campeonato do Mundo de Atletismo Oregon22, nos EUA. Para tomar parte nesta cerimónia na qual será descerrada uma placa comemorativa dos seus feitos no atletismo, Mutola deixa a capital do país nesta terça-feira, 19 de Julho, com destino à terra do Tio Sam.

 

Por Alfredo Júnior

 

Nas vésperas da sua partida para Oregon, Mutola disse que seria um prazer regressar a uma cidade onde viveu 17 anos e conquistou o maior número de vitórias no atletismo mundial. A homenagem vai acontecer mais de dez anos depois de Mutola ter arrumado os spikes, ou seja, ter deixado a carreira de atleta profissional, porém os seus feitos continuam intactos.

 

“É um orgulho anunciar a criação do Oregon22 Heritage Trail”, que homenageará 22 atletas nas suas cidades de origem ou então em locais que tenham um significado especial para um atleta, com o descerramento de placas nesses locais”, escreveu a organização sobre a homenagem.

“Os objectivos deste projecto são criar um permanente e comemorativo lembrete da vinda dos Campeonatos Mundiais ao Oregon”, disse Kari Westlund, um dos responsáveis pela iniciativa.

Recordar que foi precisamente em Oregon, cidade pequena, mas com grande tradição no atletismo, onde Lurdes Mutola se instalou em 1991, após beneficiar de uma bolsa olímpica, tendo se torna a grande referência do desporto Moçambicano, conquistando inúmeras medalhas de ouro, com destaque para a dos Jogos Olímpicos Sydney 2000.

 

NA CALHA UMA PROVA DE PISTA DE NÍVEL INTERNACIONAL

 

Apesar de ter abandonado a prática da modalidade como corredora, a oitocentista moçambicana empenha-se em várias iniciativas com o objectivo de descobrir novos talentos, daí ter criado o projeto Mutola Legends. Uma dessas iniciativas teve o seu ponto alto no pretérito fim-de-semana, concretamente a realização da Corrida Centenário José Craveirinha.

 

“Para mim significa muito homenagear José Craveirinha, foi a figura que me introduziu no atletismo, se não fosse a ele não teria todos os títulos que conquistei ao longo desses anos”, disse Mutola sublinhando que “organizei esta prova com muita honra e força”.

 

Mutola projecta organizar mais provas de atletismo, estando na calha competição de pista de nível internacional que poderá levar o nome de Stélio Craveirinha, em homenagem a aquele que foi o seu primeiro treinador.

 

“Temos que organizar mais provas, competições internacionais que ocorram na pista e isso vai fazer com que o atletismo cresça”, disse Mutola para depois referir “que o atletismo moçambicano não está a atravessar bons momentos, mas os atletas têm muita vontade veja a participação deles nesta prova, espero que no futuro a situação melhore e os atletas sejam estimados”.

 

Através da sua fundação, Maria de Lurdes Mutola está empenhada em empoderar as raparigas através do desporto, tendo criado o projecto Copa Mutola. (LANCEMZ)

Notícias Relacionadas
Ads - Anuncio 3
Todos os direitos reservados a Lance. Registrado no GABINFO: REGISTO: 57/GABINFO-DEPC/210/2022 .