desporto mocambicano

Jogadores dizem que acordo entre FMF e Mambas prevê pagamento de 600 USD por jogo

  • 1883

A Federação Moçambicana de Futebol (FMF) comprometeu-se a pagar 600 dólares por jogo, de acordo com o regulamento de premiação actualmente em vigor e que regula a relação entre o organismo máximo do futebol nacional e os jogadores ao serviço da selecção nacional, Mambas. Segundo uma fonte ligada aos atletas, isto equivale dizer que a exigência dos jogadores dos Mambas para que a FMF incremente o valor é de todo justa.

 

Por Redacção LanceMZ

 

De acordo com o documento que o LanceMZ teve acesso, a FMF fixou o valor de 600 USD para o pagamento de pocket Money e uma diária de 1500 Meticais para o caso de jogos particulares ou amigáveis em que os jogadores dos Mambas estiverem envolvidos.

 

“Sucede que para que para a presente Data-FIFA, a FMF apenas fez o pagamento de 600 USD o que equivale dizer que é o valor pago para o jogo frente Angola e os jogadores exigem que seja cumprido o que está previsto no regulamento, ou seja, seja que seja pago mais 600 USD para que possam realizar o jogo diante da Nigéria”, disse a nossa fonte.

 

No referido documento pode-se ler que “para os jogos particulares ou amigáveis acrescer o valor de 500 USD para 600 USD, visto que para estes jogos não haverá premiação no caso de vitória”.

 

FMF DIZ-SE SURPRESA

Entretanto, o órgão reitor do futebol nacional reagiu em comunicado de imprensa em relação a mais um imbróglio que a opõe aos jogadores dos Mambas, referindo que “foi colhida de surpresa com uma exigência por parte do atletas, para que a FMF efectuasse um pagamento adicional de prémios/"pocket money" do referido estágio, sendo esta, uma pré-condição para que a equipa realizasse os treinos seguintes, bem como o jogo de preparação contra a Nigéria previsto para amanhã dia 16 de Outubro, no Estádio Municipal de Albufeira”.

A FMF confirma que esta exigência “poderá colocar em risco a realização do jogo-treino com a Nigéria”, referindo que “aprovou um regulamento de premiação para todas as selecções nacionais, e no caso específico da Selecção Nacional AA "Mambas", o documento foi sempre articulado com os capitães de equipa”.

“No caso concreto do estágio em Algarve (Portugal), os integrantes foram previamente informados sobre os termos e condições de premiação, de acordo com o regulamento em vigor. Tal como previsto no regulamento de premiação da FMF, tratando-se de jogos de preparação, a FMF efectou um pagamento do "pocket money" antecipado de $600.00 Dólares a cada integrante da comitiva, sendo esta, uma prática internacional comum ao nível de diversas federações de futebol quando se trata de jogos particulares”, escreve a FMF.

Por outro lado, a Direcção liderada por Feizal Sidat “lamenta o que está a acontecer, sendo já este tipo de situações recorrentes no seio da Selecção Nacional AA "Mambas". A FMF procurará até ao limite sensibilizar os jogadores para que uma solução que atenda ao interesse nacional seja encontrada. Caso não, a FMF poderá decidir pelo anulamento do restante período do estágio e solicitar aos atletas para que regressem aos seus respectivos clubes” acrescentando que “por outro lado, devido a recorrência destas situações, concretamente na Selecção Nacional AA "Mambas", a Direcção Executiva da FMF irá oportunamente reunir para tomar uma decisão de modo que todos os causadores destes actos sejam responsabilizados”. (LANCEMZ)

Notícias Relacionadas
Ads - Anuncio 3
Todos os direitos reservados a Lance. Registrado no GABINFO: REGISTO: 57/GABINFO-DEPC/210/2022 .