desporto mocambicano

Hidroeléctricos descarregados perdem e complicam contas do acesso à Liga dos Campeões

  • 492

O campeão moçambicano, a União Desportiva de Songo, perdeu neste domingo, 17 de Setembro, o jogo da 1ª mão do acesso à fase final da Liga dos Campeões Africanos por 2 a 1 diante do Petro de Luanda. Os "hidroeléctricos" vão ao estádio da Tundavala, no Lubando, na Huíla, com missão difícil, mas não impossível para derrotar os petrolíferos que buscam a sua sétima presença na fase de grupos da “champions” africana.

 

Por Artur Manhique e Jaime Machel (Fotos)

 

A partida, que teve lugar no Estádio Nacional do Zimpeto, começou equilibrada, com as duas formações não criando grandes ocasiões de golo na primeira meia hora de jogo. O único lance de perigo deu-se aos 14 minutos e pertenceu à equipa da casa numa grande jogada de Dominguez, mas com Dayo a não conseguir dar prosseguimento ao lance.

 

O conjunto angolano chegou pela primeira vez ao ataque beneficiando-se de uma falha do capitão Sidique Sataca na primeira fase de construção que culminou num contra-ataque do Petro que acabou não resultando em golo.

 

A primeira parte terminou com um nulo no marcador, uma etapa marcada por um jogo morno e com muitas faltas.

 

As duas formações iniciaram a segunda metade da partida tal como a primeira, com o árbitro Sul-africano, Masixole Bambiso assinalando muitas faltas e sem nenhuma situação de perigo.

 

A priemira grande ocasião de golo foi somente aos 64 minutos, num passe errado de Soares que Dominguez recuperou e accionou Reginaldo (que entrou no lugar de Dayo aos 64 minutos), mas com o atacante moçambicano a rematar contra a muralha defensiva dos angolanos.

 

Com o passar dos minutos, os dois conjuntos começaram a se soltar e a grande oportunidade dos visitantes  a até então foi construído por Guedes, que colocou a bola nas costas da defesa do Songo mas o guarda-redes Ernan Siluane a fazer uma grande defesa num remate de Gilberto e a ceder o canto.

 

Na cobrança, Guedes desvia a bola na pequena área que sobra para o defesa central do Petro, Kinito que só teve que encostar de cabeça e colocar a bola no fundo da baliza da União do Songo e colocar o Petro em vantagem na eliminatória. Estava feito o primeiro golo do jogo levando os poucos adeptos angolanos presentes no Estádio Nacional do Zimpeto ao rubro, quando estavam jogados 78 minutos.

 

Não demorou até que a turma “hidroeléctrica” respondesse em busca do empate que chegou aos  aos 83 minutos, quando Nelson constrói pela esquerda do ataque e passa a bola para os pés do Dominguez que, de primeira, coloca a bola na entrada da área onde aparece Reginaldo para chutar sem chances para o guarda-redes e fazer o 1 a 1.

 

Mas o empate durou pouco, uma vez que, aos 86 minutos, a formação visitante aproveitou um erro de marcação da defesa da casa para fazer o 2 a 1 e selar o resultado final do jogo por intermédio de Kinito, que recebeu solto dentro da área e só teve que encostar no canto direito da baliza do Songo o marcar o seu segundo golo da partida.

 

Com este resultado, os “hidroeléctricos” são obrigados a vencer o jogo da segunda mão para continuar com as aspirações de chegar à fase de Grupos da maior competição de clubes de África num jogo a ter lugar no Estádio da Tundavala, no Lubango, na província da Huíla, visto que a cidade Luanda onde está sediado o Petro de Luanda não existem recintos aprovados pela CAF. (LANCEMZ)

 

FICHA TÉCNICA

Estádio Nacional do Zimpeto, com cerca de 1000 pessoas

Árbitros: Masixole Bambiso, auxiliado por Kgara Mokoena e Cledwin Baloyi. Eugine Mdluli (4º árbitro), todos da África do Sul

 

UNIÃO DESPORTIVA DE SONGO: Ernan Siluane, Amorin, Sande, Sidique Sataca, Muringai, Muzaza, Macaime, John Banda (Tchida 90’), Dayo António (Reginaldo 72’)Dominguez Pelembe (Dário 90’) e Mandiranga (Nelson Drivassone)

SUPLENTES NÃO UTILIZADOS: Macuacua, Ukonde, Kanhemba, Danito, Namaito

Treinador: Carlos Manuel

 

PETRO DE LUANDA: Hugo, Eddie, Pedro, Kinito, Anderson, J. Miguel (Carlinhos 76’), Soares, Megue, Toro, Tiago Azulão (Guedes 76’) e Gilberto

SUPLENTES NÃO UTILIZADOS: Mualucano, Diógenes, Carlinhos, Jaredi, Nathan, Carneiro, Vanilson, Mindinho

Treinador: Alexandre Santos

Notícias Relacionadas
Ads - Anuncio 3
Todos os direitos reservados a Lance. Registrado no GABINFO: REGISTO: 57/GABINFO-DEPC/210/2022 .