O Ferroviário da Beira joga na tarde desta quarta-feira, 26 de Abril, a sua primeira partida na Conferê "/>  

O Ferroviário da Beira joga na tarde desta quarta-feira, 26 de Abril, a sua primeira partida na Conferê "/>

desporto mocambicano

Ferroviario da Beira inicia travessia do Nilo com seis moçambicanos destacando-se Luís de Barros que se estreia na BAL

  • 760

 

O Ferroviário da Beira joga na tarde desta quarta-feira, 26 de Abril, a sua primeira partida na Conferência Nilo da Basketball África League frente aos anfitriões do Al Ahly do Egipto. No Cairo, os “locomotivas” dos Chiveve contam com uma equipa renovada.

 

Na composição do plantel para disputar a terceira edição da BAL, o Ferroviário da Beira manteve seis jogadores que disputaram a edição anterior e integrou sete novos atletas, numa miscelânea entre a experiência de jogadores consagrados e a irreverência da juventude.

 

Conheça a seguir o perfil dos jogadores moçambicanos que integram a equipa do Ferroviário da Beira que está a participar nesta liga profissional de basquetebol ao nível continental.

 

ISMAEL NURMAMADE

 

Ismael Nurmamade (31 anos de idade), nasceu no dia 3 de Dezembro de 1991, na cidade de Quelimane, província da Zambézia. Ele é a apetência, em pessoa, para a tabela, o cesto e os pontos. Sua marca é intensidade, uma espécie de flecha apontado ao ataque. Ele é relevante e determinante na equipa dos locomotivas de Chiveve, de tal forma que a fase decisiva para o primeiro apuramento à BAL teve o seu selo, pois, esteve em evidência no jogo chave contra o CAPE TOWN TIGERS, realizado no dia 10 de Dezembro de 2021, em Joanesburgo, África do Sul, no qual foi o melhor marcador,  com 24 pontos, mais 3 assistências, 2 roubos de bola e 1 ressalto. No dia seguinte, o da consagração, voltou a estar no píncaro, como uma nova actuação soberba, coroada com 25 pontos, 2 ressaltos e 1 roubo de bola. Assim aconteceu o carimbo para esta empreitada em que se encontra o Ferroviário da Beira, com a magia deste seu jogador talismã, de 1,85 metros .

Mesmo com créditos já firmados, Ismael Nurmamade, ou seja, “Timo” para os aficionados nacionais pelo basquetebol, não pára de mostrar que se recomenda, cada vez mais, com os seus movimentos espontâneos e bruscos,  típicos de deixar os adversários atónitos. Ele tem fome da bola. O seu pensamento é ponto e mais ponto. É no campo onde se expressa melhor, nalgumas vezes como armador, noutras a lançador e ainda aparece a ressaltador, enfim um traquinas de encher o campo.

Os mais atentos ao jogo notam nele a autoridade pelo talento, longo tempo de camisola locomotiva ao peito e o seu vínculo quase efectivo com a cidade do Chiveve. É o jogador imprescindível para a mística que se deseja na colectividade.

Na edição de estreia na BAL, em 2022, Timo contabilizou uma média global de 9.2 pontos, 2.4 ressaltos, 2.0 assistências e 1.8 roubos de bola.

Em todo o caso, deve-se prestar atenção ao facto do basquetebolista estar a retomar à competição após uma lesão contraída ao serviço da selecção nacional, nas eliminatórias da zona VI para o AFROCAN 2023.

 

ELVES HOUANA

 

Elves Houana (35 anos de idade), nasceu a 18 de Agosto de 1987. De 2,04 metros, é o exímio protagonista das jogadas de corte, na equipa. Devido à sua compleição física e firmeza no posicionamento, nalgumas vezes é sancionado com faltas. A sua forma de estar no campo é típica de quem tem experiência de basquetebol evoluído, e é provável que isso esteja fundamentado na sua passagem pela Venezuela, onde foi potenciado para a alta competição. Com ele em campo, os armadores do jogo encontram, facilmente, as vias abertas para as penetrações. Beneficiam-se, também, os postes que recebem muitas assistência, maior parte delas em forma de falso layup (bandeja).

Elves, ou simplesmente “Stam” é tão jogador de equipa quanto um finalizador. Dos seus movimentos constam variações entre entradas e “tiros” para o cesto.

Em 2017, no primeiro jogo da fase de grupos da FIBA Africa Champions Cup, competição anterior à BAL, Elves anotou 24 pontos contra GS Petroliers, da Argélia, com um impressionante registo de 6 triplos concretizados em 10 tentativas.

Na primeira aparição na Basketball Africa League (2022), o seu registo teve as médias de 3.2 pontos, 2.6 ressaltos, 1.4 assistências e 0.8 roubos de bola.

 

AYAD MUNGUAMBE

 

Ayad Munguambe (26 anos de idade), nasceu a 29 de Junho de 1996, na cidade de Maputo, Moçambique. É um dos jogadores da colectividade que está sempre focado na tabela. Tem preferência particular para o jogo pelas alturas. Há quem o apelide de jumpman (homem do salto), sem desprimor da marca icónica d astro Michael Jordan. Para Ayad (1,97 metros) o jogo é simples no ressalto, bloqueio e afundanço, o que faz com um deleite e à vontade. Espera-se sempre vê-lo, em algum momento da partida, pendurado no aro.

O extremo poste tem evoluído bastante no Ferroviário da Beira, onde já ganhou lugar de destaque entre os colegas do plantel, bastando referir que no ano passado (2022) foi o terceiro jogador da colectividade com melhor registo na Basketball Africa League, onde a sua média cifrou-se em 10.4 pontos, 3.6 ressaltos, 2.0 roubos de bola, 1.6 assistências e 0.2 bloqueios.

Nessa competição o seu melhor jogo foi contra o DUC do Senegal, no qual marcou 15 pontos e conseguiu 7 ressaltos e ajudou a sua equipa a vencer por 98 - 92.

 

LUÍS DE BARROS

 

Luís de Barros (37 anos de idade), nasceu a 17 de Março de 1986, na cidade de Maputo, Moçambique. O extremo base de 1,88 metros regressou ao clube que bem conhece, em virtude de tê-lo representado, de 2014 a 2016.  Traz ao Ferroviário da Beira a experiência obtida na carreira que inclui participações em jogos da selecção nacional.  

Nos seus registos por clubes, nas competições internacionais, consta a participação na primeira qualificativa (2019) para a edição inaugural da Basqueketball Africa League, representando o Ferroviário de Maputo. Actuou em 8 jogos, tendo conseguido uma média de 9.6 minutos, 5.8 pontos, 1.3 ressaltos, 0.8 assistências, 0.5 roubos de bolas e 0.4 ressaltos.

O jogador que bem conhece a metodologia do treinador espanhol Luís Lopes Hernandez, dado que trabalharam juntos na sua primeira passagem pelo clube, aumenta aos locomotivas as opções de municiadores de jogo, bem como a capacidade de variação de esquemas tácticos, incluindo o reforço do poder de penetrações e lançamentos. Neste plantel, Luís de Barros chama a si a responsabilidade de ser o jogador com a idade mais elevada.

 

TOMÁS FIJAMO

 

Tmás Fijamo (26 anos de idade), nasceu no dia 24 de Setembro de 1996, na cidade de Quelimane. É um jogador em ascensão. A sua notabilização aconteceu na última Liga Nacional de Basquetebol (realizada de 01.11.2022 a 18.11.20222), ao serviço do Sporting de Quelimane que foi a equipa sensação. Mesmo participando pela primeira vez na competição terminou em terceiro lugar. A atmosfera criada pela equipa favoreceu a “explosão” de Tomás Fijamo que encheu o olho dos amantes da modalidade de bola ao cesto e, como veio saber-se agora, impressiou à equipa técnica dos locomotivas do Chiveve que o integraram no seu quadro de trabalho e seguiram com ele para o Egipto para disputar a Conferência NILO, da Basketball Africa League. É rápido nas desmarcações, desembaraça-se facilmente do adversário em situações de um para um, com o fito de marcar pontos

Recentemente, integrou a selecção nacional de basquetebol sénior masculino que disputou o apuramento em Harare, Zimbabwe, o apuramento para o AFRICAN 2023. Nesta competição teve o registo médio de 3.5 pontos. O seu histórico na selecção nacional iniciou-se em 2014, nos sub 18 que disputaram as eliminatórias para o africano da categoria.

 

HILÁRIO MALALE

 

Hilário Malale (22 anos de idade), nasceu a 11 de Maio de 2000, na cidade da Beira, Moçambique. É o segundo base de raiz na equipa. Tem dado sinais de evolução, capitalizando as oportunidades que lhe são concedidas em diferentes competições. Mais jogos, rodagem e experiência vão torna-lo num novo maestro da bola ao cesto. Neste jovem que faz parte das novas apostas do clube na prata da casa, está evidente o poder do lançamento nos 6.75 metros. Quando alcançar a intensidade no trato da bola, principalmente rapidez e força no drible, bem como a melhoria de leitura e timing para executar os movimentos requeridos, fará a diferença na quadra, porque vai se tornar imprevisível para os adversários. Para os palcos em que tem sido lançado, o rapaz da Beira tem de correr contra o relógio. O tempo urge e há que melhorar os registos. A Basketbal Africa League precisa mais do que 1 jogo realizado na edição 2022, com o registo de 2 pontos. Teve, sim melhorias na Liga Moçambicana de Basquetebol e na qualificativa para a BAL. Na última competição as suas médias cifraram-se em 3.8 pontos, 2.5 ressaltos e 1.8 assistências.  

 

CÉLIO CHIROMBE

 

Célio Chirombe (23 anos de idade), nasceu a 06 de Janeiro de 2000, na cidade da Beira. Faz parte da nova vaga da prata da casa que está a ser potenciada por Luis Lopes Hernandez, num trabalho iniciado aquando da sua primeira passagem pelo clube e que agora está a dar frutos.

Este jovem está de regresso à alta roda do basquetebol, desta vez na montra da elite dos clubes campeões de África. Disputa a Basketball Africa League pela primeira vez, por isso é um dos  rookie da equipa. Em 2021 fez parte do grupo que qualificou o Ferroviário da Beira para a BAL, tendo jogado 2 partidas e obtido médias de  5.5 ressaltos 4.0 pontos, 1.5 assistências

 

 

DANIEL MUTACATE

 

Daniel Mutacate (19 anos de idade), nasceu a 14 de Setembro de 2003, na cidade da Beira, Moçambique e é o verdadeiro rookie dos locomotivas do Chiveve. A ida a Basketball Africa League é o seu segundo momento de internacionalização. A primeira aconteceu de 22 a 27 de Novembro de 2022, em Joanesburgo, África do Sul, na qualificativa para a BAL, onde conseguiu somar os seus primeiros 5 minutos e converteu um ponto. Tem a melhor oportunidade para seguir o exemplos dos jovens da sua faixa etária que fazem parte da NBA Academy Africa e que estão a fazer diferença na BAL. (LANCEMZ)

 

 

Notícias Relacionadas
Ads - Anuncio 3
Todos os direitos reservados a Lance. Registrado no GABINFO: REGISTO: 57/GABINFO-DEPC/210/2022 .