desporto mocambicano

EURO 2024 é na DStv e GOtv: Portugal e Ronaldo estreiam-se frente a República Checa

  • 631

Portugal estreia-se hoje no Euro2024 de futebol, com um duelo frente à República Checa, em Leipzig, na Alemanha, no dia em que arranca o Grupo F e em que fica fechada a primeira jornada da fase de grupos. A seleção portuguesa entra em campo às 21:00 de Maputo na Red Bull Arena, naquele que será o quarto duelo com os checos em fases finais de Campeonatos da Europa, com transmissão em directo nos Canais SuperSport da DStv e GOtv.

VEJA A REPORTAGEM SOBRE EURO NA DSTV E GOTV

Em 1996, em Inglaterra, nos quartos de final, com o mítico chapéu de Karel Poborsky a Vítor Baia, a República Checa venceu a equipa das ‘quinas’ por 1-0 e seguiu em frente, mas Portugal redimiu-se nos dois duelos seguintes.

No Europeu da Áustria e Suíça, em 2008, a seleção nacional venceu por 3-1, ainda na fase de grupos, e repetiu o triunfo em 2012, na Ucrânia e Polónia, nos ‘quartos’, por 1-0.

Cristiano Ronaldo marcou nos dois triunfos e hoje vai tornar-se, certamente, o primeiro jogador a alinhar em seis fases finais do Campeonato da Europa, que não falha desde 2004.

Onze provável de Portugal: Diogo Costa; João Cancelo, Pepe, Rúben Dias e Nuno Mendes; João Palhinha, Vitinha e Bruno Fernandes; Rafael Leão, Ronaldo e Bernardo Silva

 

Onze provável da República Chéca: Staněk; Holeš, Hranáč e Krejčí; Coufal, Souček, Provod, Barák e David Jurásek; Kuchta e Schick

 

TURQUIA – GEÓRGIA A ABRIR O DIA

Para esta terça-feira, 18, está agendado, além do Portugal-Chéquia, apenas mais um encontro, também referente ao grupo F, no qual a seleção turca irá apadrinhar a estreia da Geórgia em fases finais de Europeus.

O primeiro jogo do dia realiza-se no Signal Iduna Park, em Dortmund, e vai ser arbitrado pelo argentino Facundo Tello. O jogo também terá transmissão em directo nos Canais SuperSport da DStv e GOtv.

Onze provável da Turquia: Günok; Ayhan, Demiral, Bardakcı e Kadıoğlu; Özcan e Çalhanoğlu; Güler, Yıldız e Aktürkoğlu; Yılmaz

 

Onze provável da Geórgia: Mamardashvili; Kverkvelia, Kashia e Dvali; Kakabadze, Kiteishvili, Kochorashvili, Shengelia e Chakvetadze; Kvaratskhelia e Mikautadze

 

FRANÇA VENCE E MBAPPÉ FRACTURA NARIZ

 

A França até entrou no Euro'2024 a vencer - 1-0 sobre a Áustria -, mas para Kylian Mbappé a partida de estreia no torneio não foi propriamente de boa memória. O avançado estrela dos gauleses fraturou o nariz num lance da fase final do encontro e teve mesmo de ser encaminhado para o hospital de Dusseldorf, onde segundo o 'L'Equipe' será operado ainda esta noite.

"Tem uma lesão bem feia no nariz. Temos de esperar para ver, a equipa médica está a tratar da situação. Temos de esperar e ver o que terá de ser feito. Mas são notícias muito más para nós. Claro que a seleção francesa pode jogar sem ele, mas não é a mesma coisa. Espero que possa cá estar", disse em conferência de imprensa o técnico Didier Deschamps, que esta noite celebrou a 100.ª vitória no comando dos bleus (num total de 154 encontros).

Por saber fica qual o período de paragem do avançado francês, algo que a Federação Francesa de Futebol (FFF) deverá informar nas próximas horas. Em cima da mesa estará a ausência pelo menos no próximo encontro, diante da Holanda.

BÉLGICA COM DOIS GOLOS ANULADOS ACADA DERROTADA

A goleada de Romênia sobre a Ucrânia teve a eficiência como marca. Os romenos construíram o placar de 3 a 0 em jogo que tiveram apenas 29% de posse de bola. O primeiro gol foi marcado por Stanciu ,aos 29 minutos do primeiro tempo, quando a Romênia dominava o jogo.

A Ucrânia, então, passou a ter mais a bola, mas pecou na eficiência. Foram 13 finalizações ucranianas no jogo e nenhum gol marcadoJá a Romênia aproveitou seu ataque de forma mais direita para transformar o placar em goleada no segundo tempo, com gols de Marin e Dragus. Com isso, assumiu a liderança do Grupo E pelo saldo de golos.

O outro jogo do grupo teve a primeira zebra da Euro 2024. Ainda que não tenha a força dos últimos anos, a Bélgica chegou como favorita para o confronto com a Eslováquia. Os eslovacos abriram o placar logo aos 7 minutos, com Ivan Schranz após rebote do goleiro Casteels, cujo a titularidade é uma das polêmicas da Bélgica diante da decisão do técnico Domenico Tedesco de não convocar Courtois, do Real Madrid.

 

A Bélgica dominou o restante do confronto e empilhou chances de golo, mas não conseguiu evitar a derrota perdendo uma série de boas chances. O centroavante Lukaku até balançou as redes duas vezes, em gols que foram comemorados pela torcida, mas acabaram logo depois, tendo a emoção contida por decisão do VAR. (LANCEMZ)

 

 

 

 

 

 

 

Notícias Relacionadas
Ads - Anuncio 3
Todos os direitos reservados a Lance. Registrado no GABINFO: REGISTO: 57/GABINFO-DEPC/210/2022 .