desporto mocambicano

Estádio do Zimpeto aprovado pela CAF e Mambas recebem Zâmbia a 24 de Julho

  • 594

Finalmente, o Estádio Nacional do Zimpeto vai voltar a acolher jogos sob égide da Confederação Africana de Futebol (CAF) que aprovou o recinto como estando apto para acolher partidas internacionais de futebol ao nível de selecções e de clubes.

 

A decisão do organismo máximo do futebol africano foi tomada neste domingo, após o recinto ter sido inspecionado a semana passada pelo inspector sul-africano Joshua Knipp que deu nota positiva ao recinto que estava interdito de acolher jogos internacionais desde Setembro de 2021, o que obrigou ao Mambas a realizarem jogos em casa emprestada.

 

Este é o resultado do trabalho efectuado ao longo dos últimos nove meses, pelo Fundo de Promoção Desportiva, que fez mexidas profundas no recinto com destaque para o rectângulo de jogos que recebeu uma relva nova, após a retirada da que estava degradada e que levou a interdição do recinto que já conta com torniquetes para controlar o acesso electrónico de espectadores, para além de os balneários, sanitários públicos e iluminação terem sido alvo de intervenções que melhoraram o seu estado.

 

Recordar que o Secretário de Estado do Desporto, Carlos Gilberto Mendes, referiu que serão investidos 60 milhões de Meticais na requalificação do Estádio Nacional do Zimpeto que foi inaugurado a  23 de Abril de 2011, com uma partida amigável entre as selecções nacionais de Moçambique e Tanzânia.

 

A obra, orçada em 70 milhões de dólares americanos, foi financiada pelo governo da China e construída pela empresa chinesa Anhui Foreign Economic Construction Group em três anos. O estádio foi um dos elementos da Vila Olímpica de Maputo, um projecto com numa área de 15 hectares, que inclui também uma piscina olímpica e zona residencial, construído para acolher os Jogos Pan-Africanos de 2011

 

Mambas recebem Chipolopolo no Zimpeto

 

Entretanto, a Confederação Africana de Futebol já marcou o jogo entre Moçambique e Zâmbia, para ter lugar no Estádio Nacional do Zimpeto, e está agendado para às 15h00 do dia 24 de Julho corrente, referente a primeira mão de qualificação para o CAN-Interno, prova também designada por CHAN-2023.

 

Este jogo será dirigido por uma equipa de arbitragem das Ilhas Comores, chefiada Mohamed Athoumani, tendo como auxiliares Said Omar Chebli e Mohamed Ibrahim. O quarto árbitro é o ilhéu Abdou Mmadi Mohamed e o Comissário do Jogo é o malawiano Patrick John Sabe Liwanda Kapanga.  O moçambicano Artur Machava foi destacado como oficial para COVID-19.

 

O jogo da segunda mão desta eliminatória está marcado para ter lugar entre os dias 28 e 29 de Julho, na Zâmbia. (LANCEMZ)

 

Notícias Relacionadas
Ads - Anuncio 3
Todos os direitos reservados a Lance. Registrado no GABINFO: REGISTO: 57/GABINFO-DEPC/210/2022 .