desporto mocambicano

Duelo entre locomotivas do Chiveve e Maputo na Final da Taça de Moçambique

  • 89

Os Ferroviários de Maputo e da Beira vão corporizar a final da Taça de Moçambique em Futebol, aos vencerem os jogos das meias-finais, frente a União Desportiva do Songo e Associação Desportiva de Vilanculo, respectivamente por 1-0 e 3-1, nos jogos disputados esta quarta-feira, 7 de Dezembro, marcando encontro para a partida que terá lugar no domingo, 11, no mesmo recinto, o Estádio Nacional do Zimpeto.

Por Redacção LanceMZ e Sérgio Sitóe (Fotos) 

Na primeira meia-final os “locomotivas” do Chiveve despacharam os “hidrocarbonetos” que sofreram o primeiro golo aos 10 minutos, tento apontado por intermédio de Elísio Ubisse. Cinco minutos depois a equipa orientada por Artur Comboio restabeleceu a igualdade com Alberto Muchanga a fazer o 1-1 com que as duas equipas chegaram ao intervalo.

 

PUPILOS DE JOÃO DESFORRAM DERROTA NO MOÇAMBOLA

 

Na segunda parte a formação orientada pelo zambiano Wedson Nyerenda acelerou no ataque e chegou ao segundo golo aos 70 minutos, com Gervásio Mafaite a fazer o 2-1.  Quando já se estava a jogar o quarto minuto de compensação dos 90 minutos, os “locomotivas” do Chiveve sentenciaram a partida com Abass Abofah a fixar o resultado final em 3-1.

 

Na outra meia-final, entre o campeão nacional União Desportiva do Songo e o Ferroviário de Maputo que esteve na sua máxima força quando comparado com o jogo do último domingo, com Maxwell Boakyne a apontar o único golo quando estavam decorridos 44 minutos da contenda.

 

Na segunda parte o equilíbrio foi nota dominante com as duas equipas a não conseguirem criar situações claras de perigo, daí que não foi de espantar que a magra vantagem da equipa de João Chissano tenha prevalecido até ao apito final da contenda.

 

A final terá lugar pelas 15 Horas no Estádio Nacional do Zimpeto, sendo esta a reedição da decisão da Taça de Moçambique de 2014 que foi ganha pelo Ferroviário da Beira por uma bola sem resposta. 

 

O Ferroviário de Maputo, que foi finalista vencido na edição de 2019 pela União Desportiva do Songo que venceu por 2-0, é detentor de cinco troféus na competição, enquanto que o seu homónimo da Beira já venceu a prova por três vezes. (LANCEMZ)

Notícias Relacionadas
Ads - Anuncio 3
Todos os direitos reservados a Lance. Registrado no GABINFO: REGISTO: 57/GABINFO-DEPC/210/2022 .