desporto mocambicano

Domingues e Edmilson num frente-a-frente nos “quartos” da Taça que oferece 7 milhões de Rands de prémio

  • 730

Este domingo, 16 de Abril, há um duelo entre moçambicanos no futebol sul-africano. Com feito, Elias “Domingues” Pelembe e Edmilson Dove vão esquecer momentaneamente a amizade que os une na selecção nacional de futebol, Mambas, quando pelas 18 Horas descerem o relvado do Estádio Chatsworth para corporizarem o duelo entre o Royal AM e o Kaizer Chiefs, em jogo dos quartos-de-final da Taça Nedbank.

 

Por Redacção LanceMZ

 

É uma partida de capital importância para as duas colectividades que procuram ir mais longe nesta competição que oferece o prémio de 7 milhões de Randes (cerca de 28 milhões de Meticais) que serão atribuídos ao vencedor da competição, numa altura em que as tanto o Royal AM assim como o Kaizer Chiefs estão longe da conquista do título na PSL – a Liga Profissional sul Africana, DStv Premiership. Na PSL o Kaizer Chiefs ocupa o quarto posto com 41 pontos, enquanto o Royal AM está na oitava posição com 32 pontos.

 

Espera-se que Domingues volte a ser titular na equipa do Royal AM, sobretudo depois de ter arrancado uma brilhante exibição na vitória por 3-1, diante do Stellenbosch, em jogo da 25ª jornada da primeira liga sul-africana.

 

Por seu turno Edmilson Dove tem sido titular indiscutível no Kaizer Chiefs que vem de um empate a uma bola (1-1), no embate frente o Marumo Gallants em partida a contar o Campeonato Sul-africano.

 

Os Chiefs vai medir forças com o Royal AM numa altura em que aumentam as críticas por serem a equipa que receberam mais pênaltis (10) do que qualquer outra formação da PSL na DStv Premiership nesta temporada. Os Amakhosi também jogaram com um jogador a mais nove vezes, mais do que qualquer outro conjunto na liga nesta temporada, depois que o adversário ficou reduzido a 10 jogadores.

 

O treinador do Royal acha que eles estão sob pressão para vencer o Chiefs desde que perderam por 2 a 0 em seu último confronto em Janeiro no PSL - DStv Premiership, comparando todos os confrontos contra os Amakhosi a uma final. John Maduka também enfatizou a importância de não sofrer golos neste confronto dos quartos-de-final da Nedbank Cup.

 

“Eles [Chiefs] nos venceram no jogo da liga na última vez que jogamos contra eles, então a pressão está sobre nós. Para vencer o jogo, temos que cavar muito, muito fundo, porque o Chiefs é uma boa equipa, um conjunto muito ofensivo. Sempre que jogamos contra o Chiefs é como uma final de Taça, então esta não será diferente, é uma partida dos quartos-de-final, mas parece uma final”, disse Maduka. (LANCEMZ)

 

Notícias Relacionadas
Ads - Anuncio 3
Todos os direitos reservados a Lance. Registrado no GABINFO: REGISTO: 57/GABINFO-DEPC/210/2022 .