desporto mocambicano

Moçambique - Ruanda: Convocatória de Chiquinho Conde ainda no segredo dos deuses

  • 616

O Seleccionador Nacional de Futebol, Chiquinho Conde, guarda no “segredo dos deuses”a sua convocatória com vista aos dois jogos da fase de qualificação para o CAN-2022 que os Mambas vão disputar no início de Junho com Ruanda (dia 2 em Joanesburgo) e Benin (dia 8 em Cotonou).

 

Por Alfredo Júnior

 

Com efeito, depois de passar uma temporada em Portugal onde para além de observar os jogadores que actuam naquele país e actualizar os seus conhecimentos, Chiquinho Conde regressou ao país em finais de Abril, para iniciar os trabalhos de preparação desta importante etapa de apuramento.

As convocatórias da selecção nacional tem sido habitualmente divulgadas com uma antecedência de um mês, porém quando faltam cerca de 15 dias para o jogo diante do Ruanda, a 2 de Junho, nada se sabe sobre os jogadores a serem chamados pelo timoneiro dos Mambas.

 

Acredita-se que o início apenas no dia 7 de Maio do Moçambola poderá estar por detrás deste atraso na convocatória, visto que a equipa técnica pretendia observar mais jogos internos, já que Conde não teve a oportunidade de observar “in-loco” os jogos do Campeonato Provincial que decorreram de Janeiro a Abril, sobretudo os da capital do país que foram mais disputados.

 

Durante os jogos da primeira e segunda jornadas do Moçambola a equipa técnica liderada por Chiquinho Conde foi visto nos campos que acolheram os jogos do Campeonato Nacional de Futebol de caneta e bloco nas mãos, tirando anotações sobre os jogadores em campo. Este domingo, Conde trabalhou na cidade da Beira, observando o jogo Ferroviário da Beira - Black Bulls. 

 

FÓRMULA DOMINGUEZ + 10 DEVERÁ CONTINUAR?

 

Logo após a sua chegada ao país para assumir os destinos dos Mambas, Chiquinho Conde deixou claro que o seu 11 seria composto pelo Dominguez Pelembe e mais 11 jogadores a serem indicados, ou seja o capitão do conjunto nacional era o único com lugar cativo.

 

Durante os jogos que teve pela frente, Conde manteve a fórmula, persistindo dúvidas se continuaria com esta aposta para os jogos da fase de qualificação ao CAN-2023. 

 

O facto é que Dominguez não tem sido regular no Royal AM FC que segue na terceira posição na PSL - a liga profissional de futebol da África do Sul. No último sábado, 14 de Maio, Elias Gaspar Pelembe de seu nome completo iniciou no banco a partida em que a sua equipa empatou a duas bolas na casa do Golden Arrows e só foi lançado para o campo aos 83 minutos.

 

APENAS UM JOGADOR NATURALIZADO

 

Em Janeiro último, a Federação Moçambicana de Futebol apresentou uma lista de oito jogadores potenciais candidatos a serem naturalizados para reforçarem os Mambas em determinadas posições. 

 

Ao todo foram oito jogadores propostos nesse processo a saber: Jonny Muiomo (FSV Optik Rathenow - IV Regionalliga Nordost - IV Liga da Alemanha), Filipe Chaby (Nacional da Madeira - II Liga de Portugal), Pité Trábulo (FC Arouca - I Liga Portugal), Arsénio Nunes (FC Arouca (I Liga Portugal), Ricardo Martins Guimarães  (Chaves da Liga Pro de Portugal), Gion Chande - (Vaduz da Challenge League/ II Liga Suiça), Kimbyze Januário (Optik Rathenow - IV Regionalliga Nordost - IV Liga da Alemanha) e Pepo Santos (FC Alverca da Série D do Campeonato de Portugal).

 

Desta lista, ao que o LanceMZ apurou apenas um jogador teve a sua situação de regularização da nacionalidade concluída. Trata-se de Ricardo Martins Guimarães que poderá constar da convocatória de Chiquinho Conde para essa dupla jornada de arranque da qualificação ao CAN-2023. (LANCEMZ)

Notícias Relacionadas
Ads - Anuncio 3
Todos os direitos reservados a Lance. Registrado no GABINFO: REGISTO: 57/GABINFO-DEPC/210/2022 .