desporto mocambicano

Como é que a FMF utilizou 10,5 milhões de dólares do Programa Forward da FIFA?

  • 433

Desde a criação do programa FIFA Forward em 2016, na sequência da eleição de Gianni Infantino como Presidente da FIFA, várias federações de futebol em todo o mundo têm beneficiado de apoio financeiro do organismo de futebol.

A Federação Moçambicana de Futebol (FMF) é uma das federações de futebol que teve acesso aos fundos, tendo reclamado 10,5 milhões de dólares dos 11,4 milhões de dólares entre 2016-2022.

A FMF utilizou 3 milhões de dólares para renovar infra-estruturas desportivas. O estádio municipal da Maxixe, por exemplo, foi renovado com a ajuda dos fundos Forward.
617 561 USD em fundos Forward. O estádio inclui agora uma bancada com 2 700 lugares, balneários, um anexo, casas de banho públicas
O estádio inclui agora uma bancada com 2 700 lugares, vestiários, um anexo, casas de banho públicas, um muro perimetral e um parque de estacionamento para o pessoal administrativo. 

Estas obras vão melhorar consideravelmente a qualidade das instalações do país, com o estádio municipal do Maxixe a proporcionar um espaço seguro para a realização de jogos masculinos e femininos a nível local.

A federação moçambicana investiu igualmente 2,3 milhões de dólares nestas equipas nacionais, bem como 2,9 milhões de dólares na governação.

Através do seu programa de desenvolvimento Forward, a FIFA disponibilizou cerca de 2,8 mil milhões de dólares às suas 211 federações afiliadas, seis confederações e várias associações regionais/territoriais. Esta iniciativa financiou mais de 1.600 projectos que deixarão um legado a longo prazo para o futebol.

Criado em 2016, na sequência da eleição de Gianni Infantino como Presidente da FIFA, o programa Forward foi concebido em torno de uma ideia clara: permitir que todos possam jogar futebol, em qualquer parte do mundo.

Estes investimentos permitiram a construção de 577 novos campos e a criação de 208 novas competições. Como resultado, 300 mil homens e mulheres em todo o mundo estão a beneficiar de novas oportunidades para praticar o desporto que amam.


Lançado em 2023, o ciclo FIFA Forward 3.0 promete reforçar ainda mais essas tendências, já que cada federação afiliada poderá receber até US$ 8 milhões ao longo do ciclo de quatro anos, além dos valores disponibilizados às confederações e associações regionais/territoriais.

Notícias Relacionadas
Ads - Anuncio 3
Todos os direitos reservados a Lance. Registrado no GABINFO: REGISTO: 57/GABINFO-DEPC/210/2022 .