desporto mocambicano

Chiquinho sentou com Dominguez e capitão quer ver outra atitude contra Gana

  • 3212

 Nas vésperas do jogo com Cabo Verde o Seleccionador Nacional Chiquinho Conde teve uma conversa à dois com Elias Gaspar Pelembe, ou simplesmente, Dominguez,  que aos 40 anos é o jogador mais velho  que está presente no CAN-2023, Superando Vozinha (Cabo Verde), Sangaré (Costa do Marfim), M’Bolhi (Argélia) e Keita (Guiné), todos com 37 anos. Certamente que Conde traçou a estratégia para o embate contra os Tubarões e informou ao “Puto Maravilha” de que iria sentar-se ao lado do antigo capitão e começaria o jogo no banco de suplentes.

 

Por Alfredo Júnior, em Abidjan

 

Foi o que se viu, Dominguez não esteve no 11 inicial e entrou aos 45 minutos, visto que Conde já havia dado conta que pelo facto de estar a vir de uma paragem do Moçambola o capitão dos Mambas ainda não está no seu melhor em termos físicos.

 

Com a sua entrada, Dominguez procurou remar contra a maré que era dominada pelos Tubarões Azuis que chegaram a essa vitória gorda, mas mesmo assim o capitão dos Mambas não quis atribuir mérito ao adversário.

 

"Foi um jogo em que não posso dar tanto mérito ao adversário, é certo que aproveitaram as oportunidades que criaram. Foi um jogo que não criamos praticamente oportunidades de golos, estava muito quente e os jogadores ressentiram-se disso, mas em resumo, foi um jogo apático, um jogo que não produzimos como desejávamos e quem não cria oportunidades de golos, não marca, eles tiveram poucas e marcaram”, disse Dominguez.

 

O quarentão refere que os Mambas continuarão a trabalhar para limpar a imagem demonstrada na última sexta-feira, 19, bem como continuar a sonhar com a possibilidade de seguir em frente na prova.

 

“Há que continuar a trabalhar, sabemos que é uma derrota pesada, mas ainda temos mais uma oportunidade que é o próximo jogo. Nós não tivemos a atitude que apresentamos no primeiro jogo contra o Egipto. Temos que entrar no próximo jogo com a mesma atitude que tivemos diante do Egipto, tentar concretizar todas oportunidades que a gente cria, para marcar golos temos que criar oportunidades, se a gente não cria, fica um bocadinho difícil, também é preciso defender bem, tivemos pequenas falhas e deu no que deu. Há que limar algumas coisas para o próximo jogo", observou Dominguez. (LANCEMZ)

Notícias Relacionadas
Ads - Anuncio 3
Todos os direitos reservados a Lance. Registrado no GABINFO: REGISTO: 57/GABINFO-DEPC/210/2022 .