desporto mocambicano

Chiquinho Conde: Temos potencialidades para chegar ao CHAN-2022

  • 435

Moçambique quer voltar a jogar um Campeonato Africano Interno, ou simplesmente CHAN, nove anos depois de ter marcado presença na competição disputada em Cape Town, na África do Sul, em 2014. Para tal, terá de chegar a uma vitória ou no mínimo a um empate sem golos diante do Malawi, no jogo da segunda mão da última eliminatória de acesso a prova que terá lugar em Janeiro 2023 na Argélia.

 

Por Alfredo Júnior

 

Conhecida a receita para chegar a tão almejada competição depois do empate a uma bola registada no sábado passado, 27 de Agosto, em Lilongwe, os Mambas trabalham desde segunda-feira, 29, para retificar os erros registado na partida anterior e para afinar a pontaria para que no domingo pelas 15 Horas, no Estádio Nacional do Zimpeto possam chegar a um resultado positivo.

 

ACOMPANHE ESTE TEMA NAS MANCHETES LANCEMZ  

Chiquinho Conde concentrou as suas tropas com objectivo que está a um passo de ser alcançado, sobretudo consciencializar os jogadores do facto de não ser um jogo fácil por estar a jogar em casa, muito menos será uma segunda mão com as favas contadas, aliás como são evidentes as indicações retiradas na segunda parte do jogo disputado no Bingu Wa Mutarika Stadium.

 

“Eles sabem que a partir daqui nada é fácil. Aquilo que os peço é que não sejam tao grandes nas coisas simples que terão que fazer e as coisas simples é aquilo que eles fazem todos dias nos treinos”, disse Chiquinho Conde quando abordava a mensagem primordial que tem passado aos jogadores nas vésperas do jogo.

 

ABORDAR O JOGO COM HUMILDADE

 

Conde reiterou que a sua equipa “vai continuar humilde e abordar o jogo com humildade", lembrando sempre que “nada está ganho, apesar de estarmos tão perto de conquistarmos o que andamos à procura ao longo dos anos”.

 

A receita para chegar a um bom resultado e que satisfaça as ambições de Moçambique já está definida e Chiquinho Conde defini-a nos seguintes termos: “os jogadores têm que acreditar no trabalho que fazem, tem que trabalhar na qualidade do jogo, trabalhar na ideia do jogo, não queremos jogar no erro do adversário e chutar a bola para frente e fé em Deus, não, acho que eles têm qualidade e tem que acreditar que tem potencialidades e se chegamos até aqui  é por que de facto eles tem qualidade”, disse Conde.

 

Os Mambas observam este sábado pela manhã o último treino no Estádio Nacional do Zimpeto encerrando a preparação para tão importante jogo diante da selecção do Malawi que vem a Moçambique motivada e com o interesse de lutar pela qualificação do primeiro ao último minuto dos 90 que durar o tempo regulamentar da partida. (LANCEMZ)

Notícias Relacionadas
Ads - Anuncio 3
Todos os direitos reservados a Lance. Registrado no GABINFO: REGISTO: 57/GABINFO-DEPC/210/2022 .