O experiente treinador Carlos Aik foi esta terça-feira apresentado como o Seleccionador nacional de basquetebol s&eacut "/> O experiente treinador Carlos Aik foi esta terça-feira apresentado como o Seleccionador nacional de basquetebol s&eacut "/>
desporto mocambicano

Carlos Aik com missão de renovar e colocar selecção feminina na rota de Paris 2024

  • 81

O experiente treinador Carlos Aik foi esta terça-feira apresentado como o Seleccionador nacional de basquetebol sénior feminina, cargo confiado pelo Presidente da Federação Moçambicana de Basquetebol, Roque Sebastião, que na ocasião apresentou os objectivos desta campanha, cuja a meta é qualificar pela primeira vez Moçambique para os Jogos Olímpicos que em 2024 terão lugar em Paris, a capital francesa.

Por Alfredo Júnior

“O nosso objectivo nesta caminhada é chegarmos aos Jogos Olímpicos, essa é a nossa aposta, é a nossa vontade e isso faz-se percorrendo uma trajectória que inicia com a fase de qualificação ao AfroBasket 2023 que vai decorrer no Zimbabwe por isso apostamos nesta equipa técnica liderada por Carlos Aik que nos oferece garantias de trabalhar no sentido de atingirmos os patamares que desejamos para a nossa selecção sénior feminina”, disse Roque Sebastião, Presidente da FMB.

Para o desempenho das suas funções, Carlos Aik contará na sua equipa técnica com os treinadores Leonel “Mabê” Manhique e Deolinda Ngulela, que já trabalham no sentido de preparar a equipa nacional para a etapa de qualificação ao AfroBasket que acontecerá em Bulawayo. Ao todo, Aik convocou 20 jogadoras, um misto de jogadoras experientes e outra da nova geração e explica o porquê desta junção.

MISTO DE EXPERIÊNCIA E JUVENTUDE

“Dizer que temos aqui 20 atletas e todas elas são as minhas amigas, mas esse não foi o critério para escolha, neste momento é preciso manter o foco, mantendo uma equipa que seja competitiva, mas também é nossa intenção dar continuidade na renovação da nossa selecção, daí que o critério de selecção foi olhar para as atletas veteranas ou experientes que nos garantem resolver os problemas principais e também misturado com aquelas atletas que nós pensamos que são as melhores que nesta fase substituir algumas veteranas que não foram chamadas e na fase posterior poderão substituir as veteranas que estão nesta selecção”, disse Carlos Aik para depois acrescentar que “a convocatória destas jogadoras resulta da observação que fomos fazendo ao longo do campeonato nacional e ao longo da última competição internacional que a maior parte delas realizaram que é a Taça dos Clubes Campeões em Femininos e também as em função do acompanhamento que vamos fazendo das exibições das nossas jogadores que militam A Selecção Nacional trabalha desde o dia 12 de Janeiro, com sessões bi-diárias, que irão decorrer na cidade de Maputo, no pavilhão do Desportivo Maputo.

“A nossa preparação já iniciou no dia 12 deste mês, visa três aspectos fundamentais, cuja a parte dominante neste momento é a física para colocar as atletas nos melhores índices, e depois a parte técnica que é o apuramento das condições técnicas individuais de cada uma e a parte colectiva que é a parte táctica, visto que estamos a juntar atletas que embora em algum momento tenham estado juntas em outras provas, mas nesta altura proveem de clubes diferentes e vão se juntar a atletas que vêm de fora do país, por isso é preciso encontrar formas de maximizar o potencial de cada uma dessas atletas sendo que esta fase deve culminar com jogos de preparação que ainda estamos a organizar”.  

Para viabilizar esta campanha, a Federação Moçambicana de Basquetebol, precisa de cerca de 9 milhões de Meticais, sendo que ainda não foi definido como a selecção se deslocará a Bulawayo.

Recordar que no último AfroBasket disputado nos Camarões, Moçambique terminou na quinta posição da tabela classificativa, sendo que nesta altura a selecção sénior feminina ocupa o sexto lugar no Ranking Africano divulgado recentemente pela FIBA-África. (LANCEMZ)

 

Notícias Relacionadas
Ads - Anuncio 3
Todos os direitos reservados a Lance. Registrado no GABINFO: REGISTO: 57/GABINFO-DEPC/210/2022 .