A Associação Black Bulls parte esta sexta-feira, 16 de Setembro, para a capital angolana, Luanda, cidade na qual "/> A Associação Black Bulls parte esta sexta-feira, 16 de Setembro, para a capital angolana, Luanda, cidade na qual "/>
desporto mocambicano

Black Bulls vai à Luanda para tentar se redimir

  • 66

A Associação Black Bulls parte esta sexta-feira, 16 de Setembro, para a capital angolana, Luanda, cidade na qual vai defrontar o Petro Atlético local no jogo da segunda mão da primeira eliminatória de acesso à fase de grupos da Liga dos Campeões Africanos.

 

Por Redacção LanceMZ

 

O representante moçambicano entrou em falso na sua estreia em competições internacionais sob égide da CAF no jogo da primeira mão que teve como palco o Estádio Nacional do Zimpeto.

 

O campeão nacional perdeu por três bolas sem concorrência diante da turma angolana que está sem ritmo competitivo, diga-se, porque o seu campeonato, o GiraBola ainda não iniciou, contrariamente ao que acontece do lado de Moçambique, em que o Moçambola, já vai na sua décima primeira jornada.

 

Após a derrota em casa, o conjunto do português Inácio Soares, que assistiu o descalabro da sua equipa a partir da bancada, o que poderá acontecer novamente em Luanda, vai a esta cidade para tentar fazer um resultado oposto do que tivera no Zimpeto.

 

A equipa moçambicana não está habituada a essas andanças quiçá tenha tido uma estreia não muito agradável por ter sido a sua primeira vez na maior competição de clubes de África.

 

EXCEPTO DOIS JOGADORES TÊM EXPERIÊNCIA NAS AFROTAÇAS

 

A Black Bulls vai a Luanda com o mesmo conjunto que esteve em palco em Maputo, com apenas dois jogadores no seu plantel, Manucho e Nenê, que tem experiência nas competições africanas, sendo que os restantes nunca antes do Petro de Luanda tinham disputado uma partida internacional interclubes.

 

Embora tenha na última participação da seleção nacional de futebol, os Mambas, quatro jogadores que já tem andanças internacionais a saber, Ivan, Nenê, Martinho e Melque as suas internacionalizações não tiverem efeito suficiente para ajudar a sua equipa a se impor perante um conjunto angolano de Alexandre Santos bastante experiente.

 

Espera-se que esta partida que será disputada a 17 de Setembro, no Estádio 11 de Novembro, a equipa presidida por Junaide Lalgy represente da melhor maneira o país. (LANCEMZ)

 

Notícias Relacionadas
Ads - Anuncio 3
Todos os direitos reservados a Lance. Registrado no GABINFO: REGISTO: 57/GABINFO-DEPC/210/2022 .