desporto mocambicano

Baggio foi maquinista da remontada que deu a vitória do Ferroviário na Supertaça Jogabets

  • 713

O Ferroviário de Maputo sagrou-se vencedor da Supertaça Jogabets em seniores masculinos de basquetebol após derrotar o Costa do Sol por 108-106 num duelo emocionante que teve lugar na noite deste sábado (16) no Pavilhão do Maxaquene. O capitão Baggio Chimonzo liderou a equipa “locomotiva” para a primeira conquista da temporada, sendo por isso eleito o MVP-Jogador Mais Valioso da partida.

 

Por Artur Manhique

 

No início da disputa, o conjunto do Costa do Sol entrou por cima, sendo muito assertivo na defesa e eficaz no ataque, conduzido por Danilo Cumbe (9 pontos, 3 ressaltos e duas assistências) e Egídio Zandamela com 6 pontos e 2 ressaltos.

 

No primeiro quarto, os “canarinhos” chegaram a abrir uma vantagem de 13 pontos, mas a turma “locomotiva” mostrava que não iria vender barato, se o colectivo não funcionava, valia a grande exibição de Ermelindo Novela que foi a grande figura do Ferroviário de Maputo, terminando o primeiro período com 11 pontos, 1 ressaltos e uma assistência, contribuindo para reduzir a desvantagem para 27-34 até ao fim dos primeiros 12 minutos.

 

No segundo período, os "locomotivas" da capital entraram mais agressivos, com quatro minutos jogados, conseguiram igualar o placar (38-38) mas apesar do Baggio Chimondzo e Muhambi Macuiane terem trazido algo diferente ao jogo, rapidamente, o talento individual da formação “canarinha” tratou de restabelecer a vantagem, Azénio Cossa, juntamente com Milton Caifaz e Nilton Seifane a serem decisivos para manter o Costa do Sol a frente por 55-59 ao intervalo.

 

No reatamento da etapa complementar, o Ferroviário de Maputo ia se soltando mais na quadra buscando relançar a partida, entretanto, o Costa do Sol soube tirar vantagem do desespero do adversário e apostou em saídas em velocidade para ampliar a vantagem. Azénio Cossa, voltou a levantar a plateia presente no Pavilhão num afundanço para fixar o placar em 82-88 no final do terceiro quarto.

 

REMONTADAS E VITÓRIA DO FERROVIÁRIO NO ÚLTIMO MINUTO

 

No último e decisivo quarto da final, a turma orientada por João Mulungo tratou de arrumar as contas do encontro logo nos primeiros 6 minutos ao dar a volta no resultado para 100-94. Contudo, quando tudo parecia encaminhado para a vitória do Ferroviário, seguiu-se momentos de remontadas, magia, bloqueios, emoção e incerteza no desenrolar da partida.

 

A três minutos do fim, Nilton Seifane, do meio da rua, atira para 3 pontos e vira o placar para 102-103. Quando faltava apenas 1 minuto, Azénio Cossa chama a si a responsabilidade no momento de decisão, mas o jovem jogador permite o roubo de bola de Muhambi Macuiane, e este, com espaço, coloca a bola no cesto para mais uma cambalhota, fixando o resultado final em 108-106 e carimbado a vitória do Ferroviário de Maputo.

 

No final, Baggio Chimonzo foi eleito o MVP, tendo terminado a partida com 28 pontos e 3 ressaltos, sendo que Ermelindo Novela foi o cestinha da partida com 27 pontos e 7 ressaltos e Hugo Martins terminou o encontro com 20 pontos, 6 ressaltos e 5 assistências. Do lado do Costa do Sol que não contou com Miguel Guambe no banco técnico, os destaques vão para Nilton Seifane que anotou 26 pontos e 4 assistências, Danilo Cumbe contribuiu com 22 pontos, 9 ressaltos e 5 assistências, enquanto que Azénio Cossa terminou o jogo com 18 pontos e 7 ressaltos. (LANCEMZ)

Notícias Relacionadas
Ads - Anuncio 3
Todos os direitos reservados a Lance. Registrado no GABINFO: REGISTO: 57/GABINFO-DEPC/210/2022 .