A Basketeball África League (BAL) está a trazer resultados visíveis para o basquetebol african "/>  

A Basketeball África League (BAL) está a trazer resultados visíveis para o basquetebol african "/>

desporto mocambicano

Aníbal Manave destaca crescimento do basquete masculino africano com introdução da BAL

  • 125

 

A Basketeball África League (BAL) está a trazer resultados visíveis para o basquetebol africano. Quem assim o afirma é o Presidente da FIB-África, o moçambicano Aníbal Manave, que deu este ponto de situação à margem da Conferência de Imprensa de lançamento da fase final da terceira edição da BAL que vai acontecer de 20 a 27 de Maio corrente, no BK Arena, em

Kigali, a capital do Ruanda.

 

Por Alfredo Júnior em Kigali

 

A escassas horas do arranque desta etapa que vai coroar um novo campeão, em substituição do US Monastir da Tunísia, a organização tripartida dos “play-offs”, composta pela NBA África representada pelo Presidente da BAL,Amadou Gallo Fall, pela FIBA-África, através de Aníbal Manave, e pelo Governo do Ruanda representado pela Ministra dos Desportos, Aurore Mimosa Munyangaju, assegurou que está tudo a postos para o arranque da etapa final da prova.

 

Na ocasião, o Presidente da FIBA-África afirmou que o crescimento do basquetebol no continente é notório, após a introdução da BAL,  sendo notório que mais países passaram a praticar a modalidade numa base regular e não casual e não só.

 

“Hoje temos competições competititivas ao nível local, agora temos federações nacionais melhor estruturadas como resultado do impacto da introdução da BAL. Muito mais pessoas estão interessadas no basquetebol, tornando na modalidade num verdadeiro negócio e em termos do nosso pessoal importa realçar que esta competição proporciona a formação de árbitros de tal sorte que teremos uma árbitra nomeada para dirigir jogos do próximo Campeonato do Mundo masculino”, disse Aníbal Manave.

 

Manave destacou ainda a evolução do sector de infraestruturas dando como exemplo a moderna BK Arena de Kigali  no Ruanda ou ainda Arena de Dakar no Senegal que não devem nada a infraestruturas em outras latitudes, ainda que este sector continue a representar um grande desafio para o continente.

 

“É por essa razão que no próximo ano vamos incentivar aos países africanos a apostarem na edificação de infraestruturas que  estejam ao nível das que temos em Kigali e em Dakar”, prometeu o Presidente da FIBA-Africa.

 

Para o Presidente da BAL, Amadou Gallo Fall, um dos aspectos que indicam o crescimento da modalidade é o número de adeptos que tem acompanhado o evento. A título de exemplo, mais de 40.000 torcedores participaram das fases de grupos da Conferência do Sahara e do Nilo.

 

“Para esta fase final temos o prazer de anunciar que temos lotação esgotada para o primeiro dia dos “play-off” que é uma prova do envolvimento dos espectadores com a competição. Por outro lado esta parceria permito-nos fazer algumas acções de desenvolvimento com jovens para que novos talentos possam despontar, alguns dos quais têm aparecido nesta BAL”, realçou Gallo Fall.

 

As atenções dos amantes da bola-ao-cesto continental estão voltadas pela terceira vez consecutiva na capital ruandesa, numa parceria entre a BAL e o Governo local, no âmbito da campanha Visit Ruanda, que para a Ministra dos Desportos do Ruanda, Aurore Mimosa Munyangaju, está a trazer benefícios para a promoção turística do país.

 

“Associado a isso estão os resultados desportivos, pois a nossa equipa REG teve uma boa prestação na Conferência Sahara e qualificou-se para esta terceira fase final que vamos acolher, pelo que o Ruanda está outra vez entusiasmado por acolher as finais da BAL pela terceira vez, pelo que esta parceria com a BAL é para continuar, tal como continuarmos comprometidos com o desenvolvimento do basquetebol, em particular, e do desporto no geral”, disse Aurore Mimosa Munyangaju.

 

Um dos destaque desta fase final que demonstra a competitvidade de todas as etapas vai para o facto de quatro das oito equipas que estão nos “play-off” serem provenientes da primeira etapa de qualificação à prova, denominada “Road to BAL”. (LANCEMZ)

Notícias Relacionadas
Ads - Anuncio 3
Todos os direitos reservados a Lance. Registrado no GABINFO: REGISTO: 57/GABINFO-DEPC/210/2022 .