Depois de amargar a oitava posição na época passada, ficando apenas à "/> Depois de amargar a oitava posição na época passada, ficando apenas à "/>
desporto mocambicano

Amâncio Canhemba e Guirrugo são os primeiros reforços de Sérgio Boris nos locomotivas de Maputo

  • 244

Depois de amargar a oitava posição na época passada, ficando apenas à cinco pontos da zona de rebaixamento, o Ferroviário de Maputo tem estado activo no mercado de transferências, buscando reforçar a plantel agora comandado do luso-moçambicano Sérgio Borris.

 

Entre as primeiras chegadas, o clube anunciou, na sua página oficial do Facebook, a contratação do medio ofensivo, Amâncio Canhemba, ou simplesmente Neymar.

 

O internacional moçambicano, estava livre no mercado depois de ver seu contrato não renovado pela União Desportiva de Songo (UDS). Igualmente, quem chega as fileiras dos "locomotivas" é o também antigo guarda-redes da UDS, José Guirrugo, que chega para disputar a posição do número 1 com Manuel e Sulemane Abubacar, que foi recentemente contratado ao Ferroviário de Gaza.

 

Além dos atletas ja mencionados, o clube formalizou as contratações do Victor Malino, médio que deu nas vistas na última época ao serviço da Associação Desportiva de Vilankulo, e dos defesas Laque David (Ex Ferroviário de Nacala) e Denny Maboia proveniente da AD. Vilankulo.

 

Como anunciado recentemente pelo LANCEMZ, a direcção do Ferroviário de Maputo tem estado a trabalhar na reformulação do seu plantel. Depois de divulgar a saída de 16 jogadores, confirmou as renovações dos contratos de algumas peças fundamentais do seu elenco.

 

Destaque para os defesas Jeitoso, Huga, Samuel, Tununo, Nelson, para os médios Ezequiel, Shaquille, Celso e Yudi, e para os avançados Mário e Shelton que permanecem ao serviço dos locomotivas por mais 2 anos.

Notícias Relacionadas
Ads - Anuncio 3
Todos os direitos reservados a Lance. Registrado no GABINFO: REGISTO: 57/GABINFO-DEPC/210/2022 .