O Conselho de Disciplina da Liga Moçambicana de Basquetebol (LMB) decidiu aplicar penas pesadas ao treinador Carlos Aik na sequ& "/> O Conselho de Disciplina da Liga Moçambicana de Basquetebol (LMB) decidiu aplicar penas pesadas ao treinador Carlos Aik na sequ& "/>
desporto mocambicano

Alegada corrupção no basquetebol: mão dura para Aik, Lorito e Edmilson

  • 700

O Conselho de Disciplina da Liga Moçambicana de Basquetebol (LMB) decidiu aplicar penas pesadas ao treinador Carlos Aik na sequência das suas declarações bombásticas no final da derrota diante do Ferroviário da Beira em que denunciava um ambiente promíscuo e com cenas de corrupção envolvendo árbitros da modalidade. Depois de ouvido por uma Comissão de Inquérito, Carlos Aik não conseguiu provar as suas acusações, o que lhe valeu uma suspensão de 9 meses iniciada em Abril último. Quem também não escapou foi o treinador adjunto Lomo António (Lorito) e o árbitro internacional Edmilson Lopes, ambos suspensos por 6 meses, a começar a 8 de Julho.

 

Por Alfredo Júnior 

 

Tudo começou no términos do segundo jogo da final da 12ª edição da Liga Mozal em que o Ferroviário de Maputo perdeu por 56-43 e estendeu a desvantagem para 2-0 para com o Ferroviário da Beira no play-off à melhor de cinco jogos, em que o treinador Carlos Aik era um homem agastado não apenas pela derrota da sua equipa, mas sobretudo por aquilo que considerou ser uma péssima arbitragem que esteve aos olhos de quem presenciou este jogo. 

Carlos Aik que é uma voz reconhecida na bola-ao-cesto nacional com uma folha de serviço de grande nível por vários momentos, referiu que existiam “dois grupos de árbitros: primeiro aqueles que são corruptos e recebem por apitar, estou a falar com conhecimento de causa, segundo temos aqui aqueles que são ignorantes. Não é possível que num jogo de basquetebol e numa final o protagonista seja o árbitro”. 

 

Instado em sede da Comissão de Inquérito para apresentar provas sobre estas acusações, o categorizado treinador  não aa apresentou, “tendo se limitado em reiterar que já não as tinha”, segundo indica o comunicado emitido pela LMB, tendo por isso da da análise feita pelo Conselho de Disciplina e pelo Conselho de Direcção da LMB ao Relatório da Comissão de Inquérito,  sido concluído que “não ficou provado o conteúdo das declarações do Treinador do Clube Ferroviário de Maputo “.

 

CONTRADIÇÕES E PROMISCUIDADE

 

Num um outro desenvolvimento a LMB faz saber que “foi confirmada a troca de valores monetários entre o Treinador Adjunto do Clube Ferroviário de Maputo – Lomo António (Lorito) e o Árbitro Edmilson Lopes, no dia 3 de Abril de 2022, não se provando contudo a relação directa entre o pagamento efectuado e os jogos disputados”.

 

A LMB faz saber que “foram constatadas demasiadas contradições nas declarações feitas perante a Comissão de Inquérito, tanto pelos visados, assim como pelos restantes elementos ouvidos, bem como de outros elementos supostamente envolvidos de forma indirecta”, bem como “denotou-se uma grande promiscuidade na relação entre “alguns” árbitros e “alguns” treinadores”.

 

E foi com base nas conclusões da Comissão de Inquérito e nas evidências na sua posse, que a LMB ponderando no seu papel discricionário como regulador e consultado o seu Regulamento de Disciplina de 2009, actualizado em 2019, o treinador Carlos Aik foi suspenso por 9 meses a contar a partir de 9 de Abril, “por injúrias e difamação”. 

 

Por outro lado, ao abrigo dos Artigo 41º (Faltas Graves) e Artigo 42º (Faltas Muito Graves) conjugado com as Alíneas 1 e 2 do Artigo 58º (Corrupção), foram punidos o Treinador Adjunto do Clube Ferroviário de Maputo, Lomo António é o árbitro Edmilson Lopes com uma pena de seis (6) meses de suspensão de toda a actividade desportiva, a partir da data da publicação do comunicado oficial, isto é a partir de 8 de Julho. 

 

Recordar que a 12ª edição da Liga Moçambicana de Basquetebol foi ganha pelo Ferroviário da Beira que pela segunda vez vai representar Moçambique na fase de qualificação à BAL - Basketball África League. (LANCEMZ) 

Notícias Relacionadas
Ads - Anuncio 3
Todos os direitos reservados a Lance. Registrado no GABINFO: REGISTO: 57/GABINFO-DEPC/210/2022 .