As equipas do Al Alhy do Egipto e Stade Malien do Mali apuraram-se para a "/> As equipas do Al Alhy do Egipto e Stade Malien do Mali apuraram-se para a "/>
desporto mocambicano

Al Ahly e Stade Malien carimbam passaporte e marcam encontro nas meias da BAL

  • 343

 

As equipas do Al Alhy do Egipto e Stade Malien do Mali apuraram-se para as meias-finais da Basketball África League ao vencerem o REG do Ruanda (94-77) e Cape Town Tigers da África do Sul (78-69), nos jogos que marcaram a abertura dos “play-offs” da prova que decorrem novamente em Kigali, a capital do Ruanda. As duas equipa vão enfrentar-se no jogo que vai ditar um dos finalistas desta prova.

 

Por Alfredo Júnior em Kigali

 

A abrir a Final a 8 da BAL, os sul-africanos não puderam contar com a prestação do norte-americano Zaire Wade, filho do MVP da NBA Dwayne Wade, que está lesionado e assistiu do banco de suplentes a sua equipa a ficar em desvantagem no final do primeiro quarto com o marcador a mostrar 31-15, resultado que fixou-se em 48-30 ao intervalo. 

 

No terceiro quarto os sul-africanos protagonizaram uma recuperação aproximando-se dos malianos que no final de 30 minutos viram a a sua vantagem reduzir-se para 12 pontos, mas a diferença ainda era ligeiramente confortável. 

 

Com uma boa prestação de Pieter Prinsloo a turma de Cape Town continuou a melhorar e quando faltavam 3:57 minutos por jogar no último quarto conseguiu reduzir a desvantagem para dois pontos 64-62, dois pontos de diferença, tal como quando faltavam por jogar 41.1 segundos.

 

Valeu ao Stade Malien a experiência dos seus jogadores que conseguiram ganhar faltas e terminar o jogo com 9 pontos de diferença, pois o marcador acabou fechando com o resultado de 78-69, terminando deste modo a participação da equipa sul-africana na BAL 2023.

 

O Franco-marroquino John Wilkins assinalou 18 pontos pela equipa maliana, enquanto que Pieter Prinsloo foi a melhor unidade dos Tigers ao marcar 19 pontos. 

 

AL AHLY CONFIRMA FAVORITISMO

 

Na segunda partida da noite, o Al Alhy teve que enfrentar uma ruidosa falange de apoio do REG do Ruanda, pois os anfitriões lotaram o BK Arena que tem a capacidade para acolher 10 mil espectadores. O Presidente do Ruanda, Paul Kagame, foi um dos espectadores e viu a sua equipa entrar em desvantagem com o primeiro quarto a terminar com o resultado de 23-18.

 

O domínio das “águias” egípcias foi evidente ao longo do segundo quarto, ainda que o REG não tenha virado a cara à luta conseguindo um parcial de 23-14 que colocava o resultado em 46-32, 14 pontos de desvantagem inesperados para a torcida da casa. 

 

Depois do descanso o Ruanda Energy Group veio com novas energias e disposto a discutir o jogo até ao fim, mas o máximo que conseguiu foi um parcial de 21 -21, que colocava a partida com os mesmos 14 pontos de diferença, mas com o marcador a assinalar 67-53.

 

O Al Ahly continuou a controlar o rumo dos acontecimentos no último quarto, ainda que o REG tenha tentado uma aproximação, mas o máximo que os anfitriões conseguiram foi um parcial de 27-24, que não impediu a vitória fácil do campeão egípcio por 94-77. 

 

Assim, com estes resultados fica conhecido o primeiro jogo das meias-finas entre o Al Ahly e o Stade de Malien que terá lugar na quarta-feira, 24 de Maio, no BK Arena. (LANCEMZ)

Notícias Relacionadas
Ads - Anuncio 3
Todos os direitos reservados a Lance. Registrado no GABINFO: REGISTO: 57/GABINFO-DEPC/210/2022 .