O Al Ahly do Egipto derrotou na noite de sábado, 27 de Maio, o AS Douanes do Senegal por 80 "/>  

O Al Ahly do Egipto derrotou na noite de sábado, 27 de Maio, o AS Douanes do Senegal por 80 "/>

desporto mocambicano

Al Ahly coroado campeão da Basketball África League 2023

  • 448

 

O Al Ahly do Egipto derrotou na noite de sábado, 27 de Maio, o AS Douanes do Senegal por 80 a 65 e conquistou o título de campeão da Basketball Africa League (BAL) de 2023, cuja final aconteceu na BK Arena em Kigali, Ruanda, de 20 a 27 de Maio, e alcançou fãs da modalidade em 214 países e territórios em 17 idiomas.

 

Por Alfredo Júnior em Kigali

 

Na final entre duas equipas que vieram de conferências diferentes,  pois o Al Ahly foi segundo na Conferência Nilo com um pecúlio de 4-1 (4 vitórias e um derrota para o Petro Atlético de Luanda) e o AS Douanes que foi segundo da Conferência Sahara com 3-2 na sua perfomance  (elimando o então campeão US Monastir da Tunísia), foram os egípcios a assumirem o favoritismo logo de início.

 

O Al Ahly conseguiu um registro de 7-1 durante a fase de grupos da Conferência do Nilo e Playoffs, derrotando o Rwanda Energy Group e o Stade Malien do Mali nas quartos-de-final e semifinais, respectivamente, para avançar para as finais.

 

Em uma final muito disputada, o Al Ahly venceu o primeiro quarto por 17 a 10, mas o AS Douanes lutou para vencer o segundo quarto por 23 a 21 e chegar ao intervalo com uma vantagem de 38 a 33 a favor dos egípcios. No segundo tempo, o atacante do Al Ahly Anunwa Omot e Corey Webster formaram uma combinação imparável que melhorou instantaneamente  a sua intenção de ataque, vencendo o terceiro quarto por 25-13.

 

O AS Douanes tentou revirar, mas a vitória por 19 a 17 no quarto período não foi suficiente para garantir a conquista do campeonato, já que o Al Ahly terminou o jogo vitorioso, com o resultado final de 80-65, levantando o troféu da BAL pela segunda vez.9

 

Após o jogo, o presidente da BAL, Amadou Gallo Fall, e o presidente da FIBA África, Anibal Manave, presentearam o Al Ahly com o BAL Championship Trophy e o extremo do Al Ahly Anunwa “Nuni” Omot  venceu o troféu Hakeem Olajuwon e ser considerado o MVP da  BAL (Most Valuable Player) de 2023. Omot registrou médias por jogo de 18,9 pontos, 3,5 ressaltos e 2,1 assistências durante a temporada, com 22 pontos na final.

 

Refira-se  que o Stade Malien derrotou sexta-feira, 26 de Maio, o Club Atlético Petróleos de Luanda (Petro de Luanda), de Angola, por 73-65, no jogo do terceiro lugar.

 

ESTRELAS MUNDIAIS NA FINAL DE KIGALI

 

O BK Arena foi uma verdadeira parada de estrelas aos longo dos últimos perto dez dias, pois registou participantes notáveis ao longo dos playoffs e finais do BAL de 2023, com destaque para figuras com ligação a NBA, tais como antigos jogadores e actuais dirigente.

 

Dentre as figuras que marcaram presença neste recinto destacam-se o vice-comissário e diretor de operações da NBA, Mark Tatum; o presidente da FIBA, Hamane Niang; o secretário-geral da FIBA, Andreas Zagklis; Victor Williams, CEO da NBA África; Cair; o moçambicano Aníbal Manave; Diretor Executivo da FIBA África, Alphonse Bilé; Vice-presidente do Toronto Raptors e presidente da equipa, Masai Ujiri; ator vencedor do Oscar, ativista social, produtor e comediante  e investidor da NBA na África, Forest Whitaker, entre outros.

 

O espetáculo final contou com a presença de figuras proeminentes, incluindo o presidente Paul Kagame, a primeira-dama Jeannette Kagame, bem como com a presença no BK Arena em Kigali de Embaixadores da BAL e investidores da NBA África Luol Deng (Sudão do Sul), Joakim Noah (dos Camarões) e Ian Mahinmi (França e com laços com Benin); e o presidente de operações da G League, Pops Mensah-Bonsu (Gana), do New York Knicks. (LANCEMZ)

Notícias Relacionadas
Ads - Anuncio 3
Todos os direitos reservados a Lance. Registrado no GABINFO: REGISTO: 57/GABINFO-DEPC/210/2022 .