O 1º de Agosto das moçambicanas Anabela Cossa e Odélia Mafanela adiou para a pr "/>  

O 1º de Agosto das moçambicanas Anabela Cossa e Odélia Mafanela adiou para a pr "/>

desporto mocambicano

1º de Agosto de Anabela e Odélia leva decisão da final à negra após três prolongamentos decididos em cima da buzina

  • 798

 

O 1º de Agosto das moçambicanas Anabela Cossa e Odélia Mafanela adiou para a próxima quarta-feira, 28 de Junho, a decisão do título do Campeonato Angolano de Basquetebol, também designado Liga Azule, ao vencer o segundo jogo do “play-off” à melhor de três por 90-93, anulando a vantagem ganha pelo Interclube onde actuam Ingvild Mucauro e Tamara Seda.

 

Por Alfredo Júnior

 

Foram necessários três prolongamentos para se encontrar o vencedor do segundo jogo disputado no pavilhão Acacia Rubras em Benguela, numa noite em que Odélia Mafanela apesar de ter sido excluída do jogo com cinco faltas terminou a partida com um duplo-duplo, ou seja, marcou 18 pontos e ganhou 11 ressaltos.

 

O jogo dois da final foi impróprio para cardíacos, pois a 30 segundos do fim dos 40 minutos regulamentares  Ingvild Mucauro fez um roubo de bola a Anabela Cossa quando a partida estava com o resultado de 62-61 favorável ao Interclube, mas as polícias esgotaram o tempo de ataque passando a posse de bola para as “militares”.

 

Nos 4 segundos seguintes o treinador Valter Costa desenhou uma jogada que coloca a bola na mão de Anabela Cossa (contribuiu com 10 pontos e uma assistência) que sofre falta e vai para a linha de lances livres. Aí a Internacional moçambicana converteu um dos dois lances livres a que tinha direito igualando a partida a 62 pontos, levando-a para o primeiro prolongamento.

 

Nos cinco minutos adicionais a partida continuou equilibrada e Odélia Mafanela acabou por ser desqualificada no prolongamento  ao atingir cinco faltas, tendo terminado o jogo com 14 pontos e 11 ressaltos, após 31:06 minutos em que esteve em campo.

 

Quando faltavam 3 segundos por terminar a posse de bola passou para a o Interclube com a treinadora Elisa Pires a pedir desconto de tempo montando uma jogada que colocou a bola  nas mãos de Ingvild Mucauro que não conseguiu concretizar e não desfazendo o empate a 72 pontos que levou a novo prolongamento.

 

Nesta etapa Tamara Seda também foi desqualificada dom cinco faltas, terminando a sua participação no jogo em que anotou 14 pontos, 4 ressaltos e 3 roubos de bola em 46:31 minutos em que esteve em campo, tendo sido uma baixa para as “polícias” nos restantes dois minutos que faltavam por jogar quando cinco pontos separavam as duas equipas, com 77-81 no marcador a favor do 1º de Agosto.

 

A 53 segundos por jogar e da linha de lances livres Ingvild Mucauro (terminou o jogo com 17 pontos, 9 ressaltos, 6 assistências e 5 roubos de bolas em 53:09 minutos em que esteve em campo) reduziu a diferença para dois pontos (80-82) e logo a seguir Italee Lucas empatou a partida a 82 pontos levando o jogo para o terceiro prolongamento.

 

No terceiro prolongamento quando faltavam 13 segundos e tudo indicava que a vitória iria sorrir para o D’Agosto, a jogadora norte-americana naturalizado angolana Italee Lucas atirou uma bomba dos três pontos que colocou o resultado 90 para. Ada um dos lados. Já se aventava novo prolongamento, mas no 1.3 segundos que ainda faltavam o 1º de Agosto conseguiu um lançamento triplo em cima da buzina, vencendo o jogo por 90-93.

 

Assim, as duas equipas vão decidir o campeonato à negra, ou seja, vão ao terceiro e último jogo do “play-off” para se encontrar o vencedor da Liga Azule. Recordar que o Interclube venceu há dias a Taça de Angola. (LANCEMZ)

Notícias Relacionadas
Ads - Anuncio 3
Todos os direitos reservados a Lance. Registrado no GABINFO: REGISTO: 57/GABINFO-DEPC/210/2022 .