desporto mocambicano

Chissano diz que “vitória foi escassa e nada está decidido com a vantagem mínima que abre esperanças para Tundavala"

  • 395

Para o treinador principal do Ferroviário de Maputo, João Chissano, a vitória por uma uma bola a zero registada no Estádio Nacional do Zimpeto acabou por ser escassa, face às oportunidades criadas pela equipa “locomotiva” que poderia ter vencido por mais jogos. Chissano considera que esta vantagem mínima abre esperanças para o jogo da segunda mão, no dia 30 de Setembro, no Estádio da Tundavala, no Lubango.

 

Por Redacção LanceMZ

 

Para o técnico “locomotiva”, os  seus jogadores não entraram como esperado devido a ansiedade, mas na segunda parte foram mais determinantes e conseguiram dominar inteiramente e explorar o lado físico do adversário.

 

“Foi um bom jogo, os meus jogadores não começaram bem na partida, pretendíamos fazer pressão alta e conseguir o resultado que nos levasse até o Lubango com alguma tranquilidade e estávamos a jogar a favor do vento e pensávamos sair da primeira parte a vencer e não conseguimos. Na segunda parte entramos com alguma tranquilidade e criamos algum desgaste a esta equipa, visto que sabíamos a dado momento poderíamos tirar vantagem desse aspecto e conseguimos. O resultado assenta-se muito bem, mas o resultado é escasso, pois pretendíamos vencer por uma diferença de três golos que nos daria tranquilidade”, disse João Chissano.

 

Por outro lado, a falta de experiência dos jogadores dos “locomotivas” viu-se no momento de decidir, e sentiram o peso da grandeza da competição, mas Chissano acredita que isso de alguma forma contribui negativamente na primeira metade do jogo, porém na segunda parte entraram com mais tranquilidade e reduziram o nível de ansiedade.

 

Chissano disse na antevisão do jogo que queria um resultado que obrigasse o Sagrada a ter que ganhar a partida no Estádio de Tundavala e acredita que conseguiu esse feito,  ao afirmar que "a disputa é 50 por 50, e nós já fizeram 50% do trabalho, mas com a sensação de que a equipa devia ter marcado pelo menos 2 ou 3 golos".

 

Com a vantagem no marcador, o treinador promete um Ferroviário diferente em Lubango, com uma abordagem diferente e com uma equipa que obrigue o Sagrada a pensar mais no jogo.

 

O jogo da segunda volta está marcado para o próximo dia 1 de Outubro no estádio da Tundavala pelas 17h de Moçambique. (LANCEMZ)

 

Notícias Relacionadas
Ads - Anuncio 3
Todos os direitos reservados a Lance. Registrado no GABINFO: REGISTO: 57/GABINFO-DEPC/210/2022 .