O Ferroviá "/>  

O Ferroviá "/>

desporto mocambicano

Axinenes derrotam campeão e “locomotivas” de Maputo trucidam baianos  

  • 449

 

O Ferroviário de Nampula recebeu e venceu a União Desportiva do Songo num dos jogos de cartaz da 11ª jornada do Moçambola 2023 e os “hidroeléctricos” foram alcançados na segunda posição da tabela classificativa, somando os mesmos 19 pontos que o Costa do Sol, os mesmos que o Ferroviário da Beira que empatou a zero na deslocação a Vilankulo onde defrontou a Associação Desportiva local. No encerramento da primeira volta, há também a destacar a vitória gorda do Ferroviário de Maputo sobre o Baía de Pemba FC por três bolas sem concorrência, resultado que completa cada vez mais a vida de Eurico da Conceição no comando técnico dos baianos.

 

Por Redacção LanceMZ e José Zangado (Fotos)

 

Na recepção ao campeão em título do Moçambola, o Ferroviário de Nampula esteve sem contemplações dominando os instantes iniciais da contenda, pelo que chegou ao primeiro golo quando estavam jogados 9 minutos, com Salas a concluir uma assistência de Telinho, fazendo o 1-0, surpreendendo a tudo e a todos que estavam no Estádio 25 de Junho.

 

A turma “hidroeléctrica” foi atrás do prejuízo, equilibrou os pratos na balança e só aos 35 minutos viu compensado o seu esforço quando Daio fez uma assistência para o malawiano John Banda que rematou colocado, Fazito ainda se esticou, porém foi incapaz de evitar o golo de igualdade com que as duas equipas foram ao intervalo.

 

Depois da pausa na partida, Antoninho Muchanga continuou a espicaçar os seus jogadores para o ataque e o apoio aos “axinenes” que vinha da bancada empurrou a “locomotiva” de Nampula para o segundo golo, apontado aos 58 minutos por Quaresma que justificou a sua recente contratação ao homónimo de Maputo.

 

A turma da casa resistiu à pressão da União Desportiva do Songo que não conseguiu evitar a  inesperada derrota que a coloca em igualdade pontual com o Costa do Sol, indo à pausa do Moçambola com 19 pontos.

 

NOVA DERROTA VIDA COMPLICADA DE EURICO DA CONCEIÇÃO

 

Na cidade de Maputo, o Ferroviário local recebeu o Baía de Pemba FC que arrastou para a casa emprestada aos “locomotivas” uma barulhenta falange de apoio que procurou galvanizar o representante de Cabo Delgado a uma boa exibição.

 

A turma orientada por João Chissano não deu muito tempo para que a equipa visitante mostrasse a sua mais valia e quando estavam decorridos 7 minutos chegou ao golo inaugural, com Celso primeiro a pedir uma grande penalidade do defesa que o acompanhava, mas como o árbitro não atendeu ao seu pedido prosseguiu a jogava e tirou um remate que enganou o guarda-redes Piter que saiu mal na fotografia do lance.

 

Os baianos reagiram e de bola parada cobrado por Degree ameaçaram a baliza de Franck que mostrou-se atento entre os postes

 

O jogo tornou-se fácil para a equipa do Ferroviário de Maputo que tinha maior posse de bola, criou mais situações ofensivas, porém pecava na finalização, daí que não conseguiu evitar que o intervalo chegasse com essa magra vantagem de um golo.

 

No segundo tempo foi o Baía de Pemba a primeira equipa a estar próxima do golo, quando Litos tira um remate forte, mas ao lado da baliza de Franck. 

 

Passados oito do reatar do jogo, ou seja, aos 53 minutos, e na sequência de um contra-ataque o Ferroviário de Maputo chega ao segundo golo, com Maxwell a tirar as medidas ao guarda-redes  Piter que estava fora da sua pequena área e viu a bola a encaminhar-se para o fundo das suas redes, para aquele que foi o segundo golo para a equipa da capital do país.

 

Pouco depois Maxwell voltou a fazer o gosto ao pé ao beneficiar-se de um roubo de bola a quadrado e o atacante com apenas Piter à sua frente fez o que lhe competia ao rematar para o fundo da baliza, bisando na partida e apontado o seu quarto golo no Moçambola 2023.

 

Muito mais golos ficaram por marcar pela banda do Ferroviário de Maputo que conseguiu aquela que foi a sua vitória mais vistosa no Moçambola e que teve o condão de complicar ainda mais a vida do treinador Eurico da Conceição que ouviu uma vez mais a contestação dos poucos mais barulhentos adeptos do Baía de Pemba FC.

 

JORNADA ENCERRA SEGUNDA-FEIRA

 

A primeira volta do Moçambola só vai ficar encerrada na próxima segunda, 3 de Julho, quando tiverem lugar dois jogos que marcarão o encerramento da ronda, com destaque para essa partida entre o Ferroviário de Lichinga e a Black Bulls.

 

Em Tchumene, haverá um despique interessante entre o Matchedje de Maputo e o Ferroviário de Quelimane, duas formações que ocupam as duas últimas posições da tabela classificativa. Os “militares” vão procurar vencer para fugirem da última posição, porém enfrentarão a turma da capital da Zambézia que de tudo tenta fazer para sair da zona de despromoção.

 

No final desta jornada se antevê alterações significativas na tabela classificativa, particularmente a partir da segunda tabela de classificação em função ao posicionamento de cada um dos intervenientes nesta competição. (LANCEMZ)

Notícias Relacionadas
Ads - Anuncio 3
Todos os direitos reservados a Lance. Registrado no GABINFO: REGISTO: 57/GABINFO-DEPC/210/2022 .